https://www.poetris.com/
Poemas -> Sociais : 

e depois do corona, o que restará???

 
Open in new window

Amanhã será outro amanhã?
será tudo tão igual,
tal e qual, ainda que boçal
o que resta já não presta;
velho virou artigo de descarte,
tudo é insensatez e disfarce,
Brasil, não confie em ninguém,
o povo que se ferre sem vintém
"tal okey"?
carrega a pedra aí
seu Sisifo, mito sou eu, mor (te)
palavra do exterminador
do presente, e do futuro porvir.

AjAraujo, o poeta humanista, escrito em 24/3/2020.
 
Autor
AjAraujo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
112
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
2
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 24/03/2020 19:47  Atualizado: 24/03/2020 19:48
 Re: e depois do corona, o que restará???
ainda estava aqui a tocar ao e... depois do corona vem outro corona. há muito que o mundo anda à corona. alguns inimigos já me disseram que depois do corona o mundo nunca mais será o mesmo mas, eu duvido. a história.. isto é vira o disco e toca o mesmo. na terra das tartarugas é assim. enfim, cá vamos andando devagarinho
uma boa noite. um abraço. (fora o corona) depois lavamos as mãos os braços e a cara, é sempre a mesma. ainda bem

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 24/03/2020 20:05  Atualizado: 24/03/2020 20:05
 Re: e depois do corona, o que restará???
eu voltei, vim-lhe dar musica. diga-me lá se esta casa não deveria homenagear certos momentos na pessoa de seus autores. mas esta casa só quer saber de nada. do passado apenas lembra os numeros. não se faz. depois do corona... deixo-o com boa musica e espero que aprecie. se não gostar, perdoe-me. porque a vida é isso, fazer amor ou perdoar. são coisas que não estão ao alcance de. é necessário capacidade de. e uns teem-na para umas coisas outros para outra. eu sempre gostei desta página. enfim, desta e doutras. não me interprete mal até porque o meu caro amigo não tem daquelas curvas... eheh mas de facto