https://www.poetris.com/
Poemas : 

Dia da Terra

 
Dia da Terra



Paz, a borboleta, e Universo, o passarinho, voavam novamente.
Percorriam planícies, montanhas, mares, vegetações.
De maneira doce folhas acenavam aos corações.
Transmitiam leveza ao sol e a lua suavemente.
Os astros cantavam e davam vivas às comemorações.
Naquele dia, 22 de abril, a Terra sorriria alegremente.
Celebraria os cinquenta anos de sua data, o Dia da Terra.
Todo o Planeta resplandecia de felicidade: não haveria guerra.
Por horas não se lembraria de frases banais soltas no ar.
Taparia os semblantes do espaço para manter seu lar.
Paz e Universo conscientes disso espalhavam pétalas sem parar.
Em pouco tempo tudo e todos ficaram cobertos de perene fraternidade.
Água, terra, ar e fogo se abraçaram e louvaram a amizade.
Unidos manteriam acessa a chama vermelha da solidariedade.
Paz e Universo cumpriram a tarefa amiga de elevar a lealdade.

Alexandre Sansone
23.04.2020






 
Autor
Sansone
Autor
 
Texto
Data
Leituras
114
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.