https://www.poetris.com/
Poemas : 

Corações hibernados … desesperam pelo despertar

 
 
a saudaria atafega a goela
e deixa a precipitação do rosto
alagar o solo do coração [arquipélago do peito que sustenta o sonho]
com aquele mar
salinado
impedindo
até mesmo
o crescimento
da rasteira esperança

emperrando um sorriso
antigo
nos gretados lábios

... e é um diluvio
saber
que o tempo bom
de outrora
não volta
não se solta
do passado azul

não se cria
da raiz
dos retratos
que imobilizaram
a marcha
do calendário
antes
de abril





Open in new window








 
Autor
Al-kakanj
Autor
 
Texto
Data
Leituras
92
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
0
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.