https://www.poetris.com/
Poemas -> Amor : 

Labirinto dos Sonhos

 
Open in new window
Labirinto dos Sonhos

A esmo a noite se avizinha
de tão lívida ferve e convulsiona
procuro o ar ao vir à tona
e olho a lua e m'alma adivinha

Que há nos céus explosões de desejo
como se flores fossem gente
meus sentimentos não podem ser indiferentes
se mesmo não querendo ver... Eu vejo

Apaguei uma luz, matei um amor, um sonho
uma dor me faz chorar
no depois, nada há
mas sempre haverá uma razão para amar

Só eu e você
neste estranho labirinto
em um espaço cada vez mais miúdo
mesmo se quisesse eu não minto,
em meu grito mudo,
cada dia que passa
é mais difícil dizer o que sinto

No ventre da fria madrugada
pouso
meus lábios nos teus,
beijos impregnados de erros,
como um sonho, em que o sentido se perdeu.

Sonhos...ao anoitecer
mistérios do meu sono. Eu que sonho acordado...
são míseros
pecados sonhando com você...

Alexandre Montalvan

 
Autor
montalvan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
127
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
2
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Odairjsilva
Publicado: 16/11/2020 22:16  Atualizado: 16/11/2020 22:16
Membro de honra
Usuário desde: 18/06/2010
Localidade: Cáceres, MT
Mensagens: 3074
 Re: Labirinto dos Sonhos
Vim pelo título e deparei-me com este belo poema. Gostei imensamente!