https://www.poetris.com/
Poemas -> Amor : 

Professora

 
O frio que percorreu minha espinha não era normal
Era o presságio de uma ausência
Mas, ausência do quê?
De repente me vi preso as lembranças
Lembranças que me remontam aos seus olhos lindos.
Seu perfil contagiante
Sua silhueta tão sedutora.
Seu caminhar pela sala de um lado para o outro
E sua voz tão macia a preencher o silêncio
De quem aprendeu a te admirar.
Fiquei triste hoje,
Seu último dia de aula na minha sala
Agora você não será minha de nenhuma forma
Porque ali
Era o único lugar.
Então eu percebi, talvez tarde demais,
Que você era o encanto de minhas manhãs solitárias
Além de minha professora,
Você era minha esperança.
Esperança que vi em seus olhos verdes encantadores.
Notei o quanto era difícil acompanhar suas aulas
Porque o brilho de seus olhos ofuscaram minha percepção
Difícil assistir as aulas sem notar o seu encanto.
Agora tudo se foi
As aulas acabaram e onde posso te ver?
Nos meus sonhos, com certeza.
Nesta manhã percebi
O quanto você estava encantadora.
Parei no tempo e fiquei a vislumbrar-te
Com o coração palpitando mais acelerado.
Você era minha professora
Era.
Agora o que será?
O que espero no alvorecer de cada manhã?

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

 
Autor
Odairjsilva
 
Texto
Data
Leituras
93
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
4
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 23/11/2020 23:05  Atualizado: 23/11/2020 23:05
 Re: Professora
espetáculo... eu tive uma professora de inglês que... ah... eheh passava as aulas a olhar para aquela arquitetura toda bem feita. meu deus, nem é bom. mas ela gostava de mim porque fazia um esforço enorme para que ela me visse eheheh
uma boa noite


Enviado por Tópico
Mr.Sergius
Publicado: 23/11/2020 23:54  Atualizado: 23/11/2020 23:54
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2018
Localidade:
Mensagens: 548
 Re: Professora
Que bela homenagem, mais que às professoras, a uma parte da infância de muitos de nós. Tive uma professora assim, ela era jovem e encantadora: meu sonho era que eu conseguisse crescer tão rápido que ainda pudesse alcança-la meio à juventude. Acabo de me ver nos seus versos... parabéns.