https://www.poetris.com/
Poemas : 

Delírio

 
.


DELÍRIO

Em anos que viveram e perduram,
Em terras embruxadas pelo fado,
Lugares sem futuro nem passado,
Até as feições da Dor se desfiguram.

Existem sensações que inda perduram,
Transitam por um mundo imaginado
Dentro dum coração enfeitiçado
Por astros desvairados que fulguram.

Luz fugaz, melodia embriagadora,
Aroma de esplendor no coliseu,
Ilusão que desvenda e rememora.

Porque houve aquela hora, aquele dia,
Aquele que mostrou, quando nasceu,
Minha alma desterrada da alegria?
 
Autor
Juanito
Autor
 
Texto
Data
Leituras
106
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
28 pontos
6
3
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
nereida
Publicado: 02/12/2020 02:06  Atualizado: 02/12/2020 02:06
Colaborador
Usuário desde: 27/08/2017
Localidade: São Paulo
Mensagens: 1857
 Re: Delírio
Precioso, !!!!my amigo Juanito siempre una hermoza poesia!
Besos


Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 02/12/2020 10:36  Atualizado: 02/12/2020 10:36
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade:
Mensagens: 3978
 Re: Delírio


São os anos que passam
que em dor se desfiguram
pelo fado da saudade
em delírio poético


um abraço poeta Juanito


Enviado por Tópico
MiaRimofo
Publicado: 02/12/2020 14:42  Atualizado: 02/12/2020 14:42
Super Participativo
Usuário desde: 02/08/2016
Localidade:
Mensagens: 153
 Re: Delírio
Vivemos em delírio todos os dias da vida

abraços em poesia