https://www.poetris.com/
Poemas -> Amor : 

Eu e você!

 
Eu e você fazemos parte do mundo
Encontramo-nos no momento certo e único
Onde os caminhos se cruzaram.
Faço parte da sua vida e dos seus sonhos
E você vive em meu coração.
Mas, existe o inverso na vida
Onde você não é mais que uma miragem
Ofuscada pelas areias do tempo.
Eu e você fizemos as malas
E não sabemos para onde irmos.
Eu preciso de você para seguir no caminho
E você sabe caminhar sem depender de mim.
Triste vida a sonhar com seus beijos
Seus carinhos que não são meus.
Eu e você somos de um universo paralelo
Vivo a sua vida sem esquecer o seu sorriso
Você sabe andar na escuridão sem minha luz.
Sou um andarilho vagando sozinho pelas noites
Desejando encontrar-te em uma esquina qualquer
E você não está em lugar nenhum.
Você voa por entre as árvores do jardim
Como um pássaro solto no ar
Sabe viver a liberdade que eu não tenho.
Sou um anjo com as asas quebradas
Que não sabe a direção certa dos seus olhos
E vive a incerteza do amanhã.
Eu e você somos anjos.
Você é um anjo que acalenta minha vida
Suas asas são perfeitas e cheias de carinho
Mas, não sinto seu calor porque não estão aqui.
Um anjo rebelde que se afasta de mim
Não se preocupa com minha angustia
E não se importa com meu corpo frágil e sozinho.
Eu e você somos o inverso do universo.
Sou você em cada respiração
Em cada olhar, em cada brisa do amanhecer.
Sua vida é o que dá vida a minha vida.
E você não está aqui.
Você é o desespero da madrugada fria
Quando me vejo sozinho.
Eu e você estamos na mesma estrada
Só que você caminha em outra direção
Às margens frias da displicência
Não dá a mínima atenção ao meu amor.
Cabeça erguida como se o mundo a pertencesse
Você segue firme em sua decisão
De não dar vida a esse sentimento.
Eu e você estamos juntos.
Olho firme em seu olhar e contemplo seu coração
Ele deseja o amor sincero para ser feliz
E resiste em não me aceitar.
Eu e você não conseguimos esconder as lágrimas
Que insistem em escorrer de nossos olhos
Na medida em que o amor aumenta.
Você tem medo.
Medo de sofrer outra vez como a muito sofreu.
Medo de se entregar a um amor que mente
Para seu coração tão singelo.
Somos feitos de solidão.
Posso ter todas as mulheres do mundo
E mesmo assim meu coração te procura.
Suas mãos tremem ao tocar as minhas
E você sabe que precisa viver esse amor
Sabe que precisa acreditar no sonho.
Eu e você já sofremos muito
E a desilusão faz o coração temer outro amor
Mas, preciso de você para viver.
Preciso do seu carinho, do seu amor
Preciso do seu olhar e das suas mãos
A conduzir meus passos trôpegos e inseguros.
Quero muito você perto de mim
Para me orientar no caminho certo
Que encontrei no seu olhar.

Poema: Odair José, Poeta Cacerense

 
Autor
Odairjsilva
 
Texto
Data
Leituras
91
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
2
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
MicaelaFerreira
Publicado: 08/01/2021 11:49  Atualizado: 08/01/2021 11:49
Muito Participativo
Usuário desde: 22/10/2020
Localidade:
Mensagens: 85
 Re: Eu e você!
Que rica inspiração. Saudações poéticas!

Carpe diem

Enviado por Tópico
Erotides
Publicado: 08/01/2021 21:46  Atualizado: 08/01/2021 21:46
Da casa!
Usuário desde: 26/02/2020
Localidade: BRASIL
Mensagens: 430
 Re: Eu e você!
Lindo. Você me fez transportar em várias cenas. É muito bom ler seus poemas