https://www.poetris.com/
Sonetos : 

True power

 
Mighty the human race appears to be;
so full in power, with so wondrous gifts.
With such potential which in its mind lifts,
reality finding where we can’t see.

Able brain, Human, doth exist in thee!
The cosmic net converges, floats and drifts
inside yourself, which burns in hungry swifts,
thus locking worlds in actions truly free.

The true human’s valour is built with brick
which shines in Times and Spaces to come.
But through all such grandeur the thoughts just leak.

Yes, the wise man does reach its highest peak
when knowing nothing is or will become…
So strong is he when he thinks that he’s weak…

A sonnet about the worth of Mankind.

To read more, go to the site: aspoesiasdodaniel.blogspot.com
 
Autor
DanielJerónimo
 
Texto
Data
Leituras
56
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
João Marino Delize
Publicado: 22/02/2021 19:52  Atualizado: 22/02/2021 19:52
Colaborador
Usuário desde: 29/01/2008
Localidade: Maringá-
Mensagens: 3109
 Re: True power
Poderosa a raça humana parece ser;
tão cheio de poder, com dons tão maravilhosos.
Com tal potencial que em sua mente se eleva,
realidade encontrando onde não podemos ver.

Cérebro capaz, Humano, existe em ti!
A rede cósmica converge, flutua e flutua
dentro de você, que queima em andorinhões famintos,
assim, travando mundos em ações verdadeiramente livres.

O verdadeiro valor do humano é construído com tijolos
que brilha nos tempos e espaços que virão.
Mas, apesar de toda essa grandeza, os pensamentos simplesmente vazam.

Sim, o homem sábio atinge seu pico mais alto
quando não saber nada é ou se tornará ...
Ele é tão forte quando pensa que é fraco


Enviado por Tópico
Mr.Sergius
Publicado: 23/02/2021 17:25  Atualizado: 23/02/2021 17:28
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2018
Localidade:
Mensagens: 644
 Re: True power
Um belo poema. Mas por sinceridade prefiro os poemas em português... tenho aqui um que gostei bastante:

Não se pense pensar ser esquecido
por pensardes, Senhora, em não pensar,
porque vosso pensar a mim devido
será certa memória a recordar..


Conheces?

Parabéns por todos...