https://www.poetris.com/
Poemas : 

Retorno

 
Eu canto esmagadoramente
uma melodia onde o grito
do covarde não tem hora de parar.

Sou moleque incrédulo que sobe
na goiabeira esperando o mestre
passar para declamar o amor em prosa e verso.

Enfim sou um louco que sofre por amar você.

Vencido tradicionalmente na fé espero enfim o retorno desse amor.

TCintra

 
Autor
Tcintra
Autor
 
Texto
Data
Leituras
42
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.