https://www.poetris.com/
Poemas : 

Vírus

 
Você não pode ver quem eu sou
Pode dizer que sou invencível
Eu sou a voz em seus sonhos
Eu sou o terror invisível
Uma força fora de controle
Você não pode ouvir o que digo
Agora você está com medo
Há força dentro de você?
Então me siga para contra-atacar
O poder está na minha alma
O poder foi você que me deu
Eu sou seu inimigo
Eu hoje sou invencível
E você precisa um milagre
Para entender o código
Mas a verdade nunca morre
Não vou desistir, você sabe
É minha vida após a morte
Eu quebrei o selo
Os impulsos de mim revivem
Enquanto eu encho teus pulmões
Eu mudo para ser mais forte
Você acha só uma vacina vai me deter?




Dor e angústia protagonizam o show
Quando a noite vem, a mágica se faz
Nasce o poema das entranhas feridas
Então, abro as asas e voo ao infinito.



Não podemos deixar que por qualquer convicção política, ideológica ou territorialista deixemos de usar todos os meios que a ciência dispuser para combater o vírus que ai está vivo e forte.
Devemos fazer tudo, eu disse tudo mesmo, que possamos fazer para erradicar o vírus. Neste momento não pode haver lados diferentes que nós de um lado e ele de outro.
Não podemos permitir que o orgulho, a ganância, as fronteiras, os lucros, as ideologias, os gêneros ou qualquer dicotomia crie outro lado além de nós (a raça humana) em um lado e ele (o vírus) do outro.
Essa é a guerra a se travar.
 
Autor
Mr.Sergius
 
Texto
Data
Leituras
199
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
9
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
silva.d.c
Publicado: 30/04/2021 12:19  Atualizado: 30/04/2021 12:26
Da casa!
Usuário desde: 26/10/2010
Localidade:
Mensagens: 487
 Re: Vírus
Bom dia Mister. Bom, relativamente à nota em rodapé, se o objectivo dessa guerra de que fala for erradicar o vírus, então é uma guerra perdida. O corona vírus já existia, existe, e irá existir numa qualquer mutação ao longo dos anos. Como vírus respiratório que é, é um vírus sazonal, que se manifestará sempre com mais intensidade numa determinada altura do ano, quando se verifiquem as condições propícias à sua propagação. O pressuposto de que, ao se atingir a imunidade de grupo o vírus desaparecerá, não é realizável. Isto porque, tal como o vírus da gripe, a percentagem de imunização das vacinas não é de 100%. Logo, hipoteticamente falando, mesmo estando a totalidade da população mundial vacinada, não haverá a tal imunidade de grupo, porque as vacinas apenas oferecem uma taxa de imunização a quem as toma de sensivelmente 65 a 80%, dependendo do grupo de risco, isto quer dizer que haverá sempre potenciais infectados (novamente refiro o exemplo do vírus da gripe, nosso conhecido de longa data, e nunca erradicado). Penso, na minha humilde opinião que, assim como com o vírus da gripe, temos de aprender a conviver com o corona vírus, e isto passaria por ter um melhor serviço dos meios de comunicaçao social, que em vez de esclarecerem de forma educativa e lucida, têm prestado um serviço vergonhoso, criando alarme, medo e pânico nas pessoas, mas principalmente conseguir com que o maior numero de pessoas consiga imunização natural, isto é, que seja o sistema imunitário de cada pessoa a criar as suas próprias defesas contra o vírus. Abraços





Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 30/04/2021 12:42  Atualizado: 30/04/2021 12:43
 Re: Vírus
boa tarde caro amigo, o homem do chapéu! bom, devo dizer que o boi sonaro tem enganado a população brasileira mais ou menos com os mesmos dizeres que li nos textos que nos apresentas nesta página. o vírus não vai acabar, mas com a mão da ciência vai tornar-se muito mole incapaz de matar e enquanto isso muitos bois sonaros vão continuar a matar infelizmente enganando o povo que, mais uma vez infelizmente, coitadinho... fico-me por aqui mesmo. quem é que te fez mal para tanto ódio! a raça humana! engraçado. ou desumana. e não me venhas dizer que pensando assim és a favor da civilização.
uma boa tarde. no roda pé digo isto do coração: nada me move contra ti. pensa
uma boa tarde. nem sei se te hei de chamar vírus ou mr. sergius. mas tem uma boa tarde. com os meus melhores cumprimentos


Enviado por Tópico
Odairjsilva
Publicado: 30/04/2021 23:32  Atualizado: 30/04/2021 23:32
Membro de honra
Usuário desde: 18/06/2010
Localidade: Cáceres, MT
Mensagens: 3406
 Re: Vírus
Digno de nota e consideração. Seus versos mostra o que temos visto diante de nossos olhos. Um vírus invisível que assola e causa destruição. É uma longa batalha que o ser humano tem travado, boa parte por culpa dele mesmo. Enfim, vale a reflexão. Gostei muito. Abraços poéticos!!!