https://www.poetris.com/
Poemas -> Solidão : 

Sofrendo a sós

 
Tags:  saudade    reflexão    desilusão    rimas  
 
Sofrendo a sós
 
Dizem que é muito difícil dizer adeus
Então não me diga, apenas se vire e vá embora
Leve consigo seus sentimentos, junto aos meus
Sentimos que tínhamos poucas horas
Só não imaginei que pediria a Deus para que você ficasse
Não pensei que iria doer tanto, meu peito chora
Quero me esconder, para que não vejas minhas lágrimas
Por quê? Te machuquei tanto assim? Que mágica
De repente me tornei ausente, como? Fiz de tudo para evitar sua partida.

O que tinha no bolso eu gastava, sem resistir
Tudo o que fiz foi para te ver sorrir
Tudo o que seus olhos cobiçavam, em brilho, eu comprava
Errei? Fiz tudo o que me pediu, me fez até desistir,
Do meu futuro, dos meus sonhos
Por que agora me maltrata?
Não te chamei de "anjo" o suficiente? Quer mais o que de mim?

Pensei até em me desfazer do que tenho,
Para te dar aquele vestido caro, e chique
Ou aquele tênis, que acabou custando mais de quinhentos
Tudo para saciar sua avareza e soberba, que ainda existem
Perdoe-me se não estive presente em alguns momentos
Eu estava me esforçando para satisfazer seus caprichos, foi por isso
E, mesmo que eu já tivesse sido alertado pelos amigos
Estou morrendo por dentro em te ver abrindo a porta
Burrice? Talvez, mas, não escolhi por quem eu iria me apaixonar
Agora choro, por não querer ficar sozinho, na copa.

Como faço agora?
Começo apagando as nossas fotos?
Como que eu faço agora?
Ver se restou algo aqui que seja nosso?
Nunca fiz isso
Como que faço para não ficar chorando?
O meu rosto está bastante molhado
Como faço? Como paro de ficar soluçando?

O que faço com os textos que escrevi para você?
Devo queimá-los em sinal de como me sinto ao te ver partir?
Sinceramente, não sei como vou dormir, se conseguirei adormecer
Eu lutava tanto por um mundo ideal para ti
Por que não me compreendeu? Tinha tanta raiva assim do meu ser?

Acho que sei porque machuca tanto
Nunca amei e beijei alguém antes de te conhecer
Já te falei isso uma vez, não construí bem os meus planos
Acho que foi isso, mas, está doendo, muito mesmo, para valer
Sinto que não serei digno de mais ninguém, e agora, o que fazer?
Já não sei mais escrever "te amo", sem me sentir só aqui
Quero aquele abraço de novo, daquele carinho raso que me dava
Mas, agora que você se foi, ficarei infeliz, escrevendo nada de bom
Faça com que passe logo, Deus, por favor, não aguento muito mais
Não quero existir, mas também não quero mentir dizendo que estou bem,
Em alto e bom som, por que só estarei disfarçando minha dor
Jamais pensei que me sentiria assim, enquanto meus sonhos foram sepultados
Mate-me, carrasco, corte essa cabeça que tanto dói, antes que eu faça algo pior.

 
Autor
AteopPensador
 
Texto
Data
Leituras
125
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.