https://www.poetris.com/
Poemas : 

Arauto dos excluídos

 
Tags:  poema    reflexão    homenagem  
 
Para libertar as mentes
açoitadas pela desinformação,
tornar-se vital democratizar,
aos descrentes, a educação.

Educação não é retórica,
é ação crítica e libertadora
que propõe aos oprimidos
sua liberdade transformadora.

Surge o arauto do grito dos excluídos,
educador grandiloquente,
que concebeu a pedagogia redentora
usada para abrir nossas mentes.

Nessa pedagogia os oprimidos devem ser
seus próprios exemplos, a descrever
na sua luta pela redenção,
o caminho para a superação.

Pois, para serem ouvidos,
gritam por pedagogia libertadora
que rompa os grilhões
desse arranjo de exploração opressora.

Cem anos de Paulo Freire, para lembrar,
eterno mentor da escola cidadã e popular,
seu instrumento de democratização,
e conscientização da verdadeira educação.

Centenário de Paulo Freire. Em 19 de setembro de 2021, o Patrono da Educação Brasileira completaria 100 anos.
 
Autor
Helio.Valim
 
Texto
Data
Leituras
106
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Erotides
Publicado: 20/09/2021 11:56  Atualizado: 20/09/2021 11:56
Colaborador
Usuário desde: 26/02/2020
Localidade: Brasileira
Mensagens: 1458
 Re: Arauto dos excluídos / para Hélio.Valim
.
Em uma sociedade seca os discípulos nunca passa a ser mestre, não tem nenhuma evolução, só o conhecimento é capaz de evoluir, fazer florescer novos caminhos e ser o próprio pensante em suas vidas , esperar ganhar algo dos outros é ganhar, receber deles esmolas esmolas.