https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Mãe africana

 
Open in new window

Se quiseres saber o que é sofrer,
Pergunte a mãe africana,
Que carrega o mundo
E veste-se de miséria

Todos veem
Mas ninguém lhe puxa o dia,
Com o sol vai
Com o sol vem

De barriga ao relento,
Lá vai ela carregada do rebento
Que o mundo desconhece,
E nessa melindrosa caminhada, permanece...

Mamã africana vai atrás do sol
Em busca das migalhas
Pra calar o cochichar
Na sua barriga de vento

Ela vai e não vai só,
Leva nas costas corroídas pelo sol de quaresma,
O seu mundo, o seu rebento,
Que ocidente batizou com águas bentas da indiferença

Todos veem
Todos lamentam sua vida vegetativa,
Mas ninguém lhe puxa o dia
Com migalhas caídas da sua mesa farta

Adelino Gomes-nhaca



Adelino Gomes

 
Autor
Upanhaca
Autor
 
Texto
Data
Leituras
369
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
25 pontos
3
3
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Upanhaca
Publicado: 22/09/2021 10:30  Atualizado: 22/09/2021 10:45
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2015
Localidade: Sol Poente
Mensagens: 7188
 Re: Mãe africana
Eis o tardio acordar de África pra o mundo-culpa da indiferença dos homens.


Enviado por Tópico
Erotides
Publicado: 22/09/2021 13:04  Atualizado: 22/09/2021 13:04
Colaborador
Usuário desde: 26/02/2020
Localidade: Brasileira
Mensagens: 1458
 Re: Mãe africana
.
Um amor a Deus feito de partes, de frações e nunca por inteiro. Esse Deus do ocidente que nunca os reconheceu .
Sou feita a semelhança de Deus, eu posso olhar no espelho e ver a minha pele sendo refletida como sendo negra, é triste que muitos negros negam a sua raça e nem podem eles olhar no espelho, mas eu digo aos negros que Deus nunca marcou uma raça na testa.


A raça negra é feita de classe , o negro americano, o negro europeu , o negro brasileiro, o negro africano e cada um com seu valor.