https://www.poetris.com/
Poemas : 

Saudades que Senti

 
Tudo me lembra de ti
ao passar das horas vãs
das saudades que senti
na agonia das manhãs.

Ao passar naquela ponte
deixo Lisboa sem saber
se por trás de cada monte
o teu amor há-de viver.

Um silêncio paira em mim
como a paz paira no rio
e abandono-te por fim
com as mãos cheias de frio.

Na ausência em que ficamos
fica o meu amor que diz:
na vida que abraçamos
tudo me lembra de ti.

Ricardo Maria Louro


Ser Poeta é exilio
num pais de condenados
um tormento infinito
de mil olhos rejeitados!

Ricardo Maria Louro

 
Autor
Ricky
Autor
 
Texto
Data
Leituras
180
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.