https://www.poetris.com/
Poemas : 

Deixo

 
⁠Às abandonadas horas fugidías
deixo mágoas cobertas de saudade
mais pesadas que as horas dos meus dias!

Deixo gritos, silêncios, intempéries;
a dor dos partos cheios de magia
que dão vida à vida de todas as mulheres!

Deixo a alegria de me encontrar na dor
quando navego nas suas águas pantanosas
sem vida, sem olfacto, sem tacto nem sabor!

Deixo enfim o que sempre tive horror
do que todo o Ser humano sempre fugiu
nunca encontrar na vida um amor!

Ricardo Maria Louro


Ser Poeta é exilio
num pais de condenados
um tormento infinito
de mil olhos rejeitados!

Ricardo Maria Louro

 
Autor
Ricky
Autor
 
Texto
Data
Leituras
76
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
0
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.