https://www.poetris.com/
Poemas : 

Por descuido

 
Tags:  poema    critica  
 
Teimoso besouro cascudo
desajeitado, mas, obstinado
teima que voa, então, desastrado
escorrega num pulo, por descuido.

Triste sofrer de um povo inculto,
desinformado, portanto, alienado
sofre com governante desastrado,
eleito com seu voto, por descuido.

Tal insano governo obscuro,
como besouro desastrado,
finge que voa, mas, atabalhoado
despenca no presente, sem futuro.

Besouro bem não voa, mas, tenta
e, destrambelhado, até se arrisca.
Governo incompetente se enfrenta,
pois, não governa apenas fustiga.

Pelo menos o besouro cascudo voa!
Amigos, apresento o projeto “Isolamento, do Caos ao Imaginário”, crônicas e poemas sobre a realidade caótica do nosso país. Caso queiram conhecer, o livro encontra-se em pré-venda, pela Kotter Editorial. Obrigado.
https://kotter.com.br/loja/isolamento- ... o-imaginario-helio-valim/
 
Autor
Helio.Valim
 
Texto
Data
Leituras
103
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Erotides
Publicado: 11/10/2021 22:58  Atualizado: 11/10/2021 23:21
Colaborador
Usuário desde: 26/02/2020
Localidade: Brasileira
Mensagens: 1458
 Re: Por descuido
.
Eu gosto de livros sobre determinadas datas

Mas é engraçado, eu sou parte do povo
E sabe como eu me sinto
Não sou eu humana
Sendo parte do povo
Sou manipulada por governantes
Sou eu culpada por intelectuais

Mas é uma alegria ter a oportunidade de ler seus poemas.

Ah ! Mas alguma coisa eu aprendi os que melhor vive na vida é as duas
" classes " . Sabendo disso eu preciso aprender a como subir o degrau.