https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

homicida fantástica

 
Tags:  morte    sonhos    nascimento    Ressureição  
 
sonhos
são paralelepípedos que despontam
coloridos no caminho

conforme a intenção de cada passo
descamisado do medo
um é alcançado

com a intensão de nele não
demorar

que o apego fragiliza
desbota-se
a cor no fastio do costume

na gana de novo pavimento
colorido caminho
pontilhado de recém nascidos
paralelepípedos
sonho alcançado
é sonho morto

eis dolorido fato

a homicida
ardilosamente fantástica
realização
mata o sonho

para ressuscitar o sonhador




















 
Autor
MarySSantos
 
Texto
Data
Leituras
273
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
18 pontos
2
4
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Erotides
Publicado: 26/01/2022 09:28  Atualizado: 26/01/2022 09:29
Colaborador
Usuário desde: 26/02/2020
Localidade: Brasileira
Mensagens: 2004
 Re: homicida fantástica
...



"Matar o sonho para ressuscitar o sonhador". Perfeito!

A essência de um sonhador, um sonho, não muda por acordar o sonhador, mas purifica e o fortalece.

O diamante será ainda mais belo o tirando do barro.

Enviado por Tópico
ALFA
Publicado: 26/01/2022 18:07  Atualizado: 26/01/2022 18:07
Colaborador
Usuário desde: 14/04/2015
Localidade:
Mensagens: 1270
 Re: homicida fantástica
O sonho, esse eterno companheiro
Presente em todas as calcorreadas
Em suas penumbras jaz prisioneiro
Só liberto por homicidas determinadas!