https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Nesta via sem ter rua

 
Já nada me digo,
Encosto o sonho
À sombra e adormeço.
Sem um fim
Nem um recomeço.
Procuro nas palavras
Que não digo
O fim do tempo.

E o tempo recomeça
Sem momento.

 
Autor
Esqueci
Autor
 
Texto
Data
Leituras
252
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
2
5
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Frágilvocábulo
Publicado: 06/08/2022 23:18  Atualizado: 06/08/2022 23:18
Super Participativo
Usuário desde: 04/08/2019
Localidade:
Mensagens: 150
 Re: Nesta via sem ter rua
Até os poemas tristes são belos nos teus dedos, mas prefiro, de longe, os teus poemas mais alegres …

É preciso recapitular cada braçada no mar, quando a lonjura da costa, se distância do olhar.

Um abraço e força.

Enviado por Tópico
ALFA
Publicado: 07/08/2022 17:48  Atualizado: 07/08/2022 17:48
Colaborador
Usuário desde: 14/04/2015
Localidade:
Mensagens: 1331
 Re: Nesta via sem ter rua
Da vida, um breve momento
Neste palmilhar sem estrada
Como vida presa em convento
De alma ao vento, dependurada!