https://www.poetris.com/
Poemas : 

Porto infinito

 





Nunca aprendeste os acordes de maio
desembrulhavas à pressa um sorriso
[ fechado ]
ator do que nunca foi
ou consideravas perdido.

Eu vivia na imensidão de pedaços de céu
embalava horas imaginárias junto ao rio
o olhar prisioneiro de um porto infinito.

Porque tudo o que eu queria era
o abrigo de palavras caídas
no silêncio de uma rua abandonada.

Como se uma só palavra pudesse
reabrir de par em par o tempo

só.







 
Autor
maria.ana
Autor
 
Texto
Data
Leituras
156
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
28 pontos
4
4
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martims
Publicado: 22/05/2022 14:18  Atualizado: 22/05/2022 14:18
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6830
 Re: Porto infinito
Um verdadeiro ponto onde é o inicio de um algo gritado pelo coração que os ecos chega até a alma


Enviado por Tópico
Esqueci
Publicado: 22/05/2022 20:04  Atualizado: 22/05/2022 20:16
Colaborador
Usuário desde: 02/11/2019
Localidade:
Mensagens: 510
 Re: Porto infinito
Uma escrita magnífica, até gostaria de ter sido eu a escrever um poema assim.Não só pela escrita, pela mensagem também.
Abraço