https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Não sei compor serenatas de amor

 

Não sou barrão afortunado
Nem sei pintar a lua
Pra lindar as noites,
Mas te dou meu amor

Não sei valer-me da ganância
Pra merecer brilho do sorriso teu,
Te amo com simplicidade do meu coração,
Que bate dia e noite por ti

Tudo o que há em ti
Me encanta,
Aceite o querer desse pobre coração,
Que morre de amor por ti

Não sei compor poemas de amor
Nem serenatas ao entardecer,
Mas deposito em tuas mãos
O destino do meu coração apaixonado

Não sou barrão afortunado
Nem sei compor serenatas de amor,
Mas aceite esse tesouro,
Que é tudo o que tenho pra te ofertar

Adelino Gomes-nhaca


Adelino Gomes

 
Autor
Upanhaca
Autor
 
Texto
Data
Leituras
438
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
15 pontos
1
3
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Upanhaca
Publicado: 12/08/2022 08:46  Atualizado: 12/08/2022 08:46
Colaborador
Usuário desde: 20/01/2015
Localidade: Sol Poente
Mensagens: 7547
 Re: Não sei compor serenatas de amor
Se o amor fala mais alto,
em que mais pensar?!