https://www.poetris.com/
Poemas : 

Fonte

 
Tags:  tempo    silêncio    fonte    Universo interior  
 
Seguindo a fonte
O maravilhoso universo interior
Mil fogos se ateiam
Sucumbindo à sua beleza
Palavras ficam por proferir
E exaltado é o silêncio
Na universalidade do tempo
Raros momentos assim tão próximo
Da pérola neste mar profundo
Lindas promessas são sussurradas
No espaço amplo do nada
Onde tudo é uma possibilidade
Nascimento, morte, renascimento, renovação
O afago secreto da estrada
O deleite concreto da alma libertada
Uma ode à emoção
O sonho revigorado dentro do coração

 
Autor
MelPimenta
 
Texto
Data
Leituras
69
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 19/11/2022 00:06  Atualizado: 19/11/2022 00:06
 Re: Fonte
olá mel. eu gosto tanto de mel. e pimenta também. eu uso preta. és um cisne rosa... eu gosto da Rosa, o cisne... enfim, é um animal como os outros só que tem um pescoço defeituoso. mas gostei muito de de ler o teu poema. se fosses menina ainda fazia como o homem das febras eheh tu não conheces. pardon
uma boa noite. um bom fim de semana