https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Droga : 

Filho drogado

 
Tags:  drogas    descaminhos    infelicidades  
 

A mãe que possue o seu filho drogado,
Tão desamparado e jogado ao mundo.
Carrega em sua vida um peso dobrado,
Por vê-lo acuado neste triste submundo.

Toda vizinhança critica o desventurado,
Que rouba objetos para comprar a droga.
Mas, ninguém se importa em dar sua mão,
Para tirá-lo do chão e mudá-lo da voga.

O divórcio dos pais ou talvez a criação,
Bebidas e brigas em casa o fizeram assim,
Mas, também pode ter outra explicação.

Baladas noturnas e algumas más amizades.
Que têm nas cidades ou em qualquer lugar,
Também podem levar a esta iniqüidade.

Maringá, 08.05.08


verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
6506
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
jessé barbosa de oli
Publicado: 08/05/2008 15:19  Atualizado: 08/05/2008 15:19
Da casa!
Usuário desde: 03/12/2007
Localidade: SALVADOR, Bahia
Mensagens: 334
 Re: O filho drogado
sábias palavras, sábio poema.
aponto mais um culpado:
o sistema de pandora que se
alimenta, se locupleta e se avigora
com tráfico e o consumo de drogas.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 08/05/2008 18:38  Atualizado: 08/05/2008 18:38
 Re: Filho drogado
Pura verdade João Marino, pena que essa não seja uma ficção ou um caso isolado na vida das mães e paes no mundo em que vivemos, acho que seu poema também é um poema social, deve nos fazer pensar.

Parabéns e abraços pra vc.