https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

[O resto de tudo]

 
[O resto de tudo]


Sob a luz solar que dispersa as trevas noturnas
Um bom momento para colher sobras do amanhecer
Cativante olhar, capta vestígios do entardecer
O que realmente somos se esclarece
Na densa escuridão do anoitecer.

Dos desejos, basta-me a honra
De segurar a emoção na palma mão,
Encontrar um cantinho límpido no fundo do coração
Manter a firmeza do sorriso, diante de um mundo em explosão.

Graciosa mãe poesia
Sirva-me um chá de versos quentes nessa tarde fria
Restabeleça a imagem da face da calmaria,
Direcione minhas angustias para além do mar,
Coloque com ternura minha mente no lugar.

Deixe-me sentir a nova brisa me acalmar
Posso me comover com a dor de uma árvore quebrada,
Reparar rachaduras ao longo da estrada
Pureza, por tantas vezes perdida
Como uma noiva desejada não é esquecida.

Dos altos topos montanhescos
Vou reservar um tempo para ver o resto de tudo
Uma boa lembrança para quando desabrocharem as violetas
Um brinde para celebrar o nascimento de um novo planeta.





 
Autor
Keithrichards
 
Texto
Data
Leituras
223
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
6
3
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Egéria
Publicado: 29/10/2023 08:59  Atualizado: 29/10/2023 08:59
Usuário desde: 28/09/2009
Localidade:
Mensagens: 854
 Re: [O resto de tudo]
Olá poeta,
eu brindo a uma nova humanidade...!!!
Abraço


Enviado por Tópico
Paulo-Galvão
Publicado: 29/10/2023 12:24  Atualizado: 29/10/2023 12:24
Usuário desde: 12/12/2011
Localidade: Lagos
Mensagens: 1176
 Re: [O resto de tudo]
Gostei de ler poeta. Agradeço o bom chá.
Parabéns
Paulo


Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 29/10/2023 18:24  Atualizado: 29/10/2023 18:24
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 10420
 Re: [O resto de tudo]
Um delicioso poema, esperançoso no ressurgir dum novo planeta, onde a vida seja mais serena e os humanos se entendam, assim seria uma maravilha e quem sabe até as violetas celebrariam abrindo com mais vivacidade.

Um abraço