Poemas : 

As maravilhas do entardecer

 
Open in new window

Debruçado à minha janela,
Via lágrimas na face do sol-poente,
Que ia dormir,
Sem dizer o até amanhã
À lua crescente

No adormecido horizonte,
O vermelho fogo do entardecer
Convidava às apressadas gaivotas,
A recolherem aos seus ninhos

No prateado céu,
A luz se apagava aos poucos,
E as estrelas espreitavam o apagão,
Pelas janelas das nuvens

Não longe daí,
Um lobo cantava serenata
À fome,
Que lhe corroía o faminto ventre

Não tardou,
O céu se pôs em profundo sono,
A lua sorriu,
E com o único olho,
Clareou ensonados prados

Adelino Gomes-nhaca


Adelino Gomes

 
Autor
Upanhaca
Autor
 
Texto
Data
Leituras
373
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
19 pontos
5
3
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Upanhaca
Publicado: 27/12/2023 10:18  Atualizado: 28/12/2023 00:16
Usuário desde: 21/01/2015
Localidade: Lisboa/loures
Mensagens: 8305
 Re: As maravilhas do entardecer
Maravilhas da natureza se derramam sobre a terra,
Quando a tarde fecha portas do horizonte
Com chaves de ouro.

Open in new window

Enviado por Tópico
Odairjsilva
Publicado: 28/12/2023 11:30  Atualizado: 28/12/2023 11:30
Membro de honra
Usuário desde: 18/06/2010
Localidade: Cáceres, MT
Mensagens: 5085
 Re: As maravilhas do entardecer
Daqueles que a gente vai lendo e vai vendo as imagens através do olhar poético. Gostei imensamente. Abraços poéticos!!!


Enviado por Tópico
Maryjun
Publicado: 05/02/2024 01:58  Atualizado: 05/02/2024 01:58
Membro de honra
Usuário desde: 30/01/2014
Localidade: São Paulo
Mensagens: 7121
 Re: As maravilhas do entardecer
Eu amei. Levo comigo!
Recentemente escrevi um haicai sobre o sol e a lua. Parabéns, pela sensibilidade poética.

Um abraço fraterno,