Poemas : 

solidão com asas

 
apenas algumas vezes as pálpebras cortinas
se levantam calmas
como se estivessem a sonambular

percorrem as paredes desertas
sem ruído, à procura da solidão por anestesiar

dos rebordos dos seus mortos
não perturbam mais sua paz

são estrelas no céu cadente
misturadas no azul celeste
que esmaga o que não se alcança

jamais

voo de pássaro aliviado,presente
não sendo a mesma coisa

melancolia permanente.


" An ye harm none, do what ye will "

 
Autor
HorrorisCausa
 
Texto
Data
Leituras
294
Favoritos
5
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
67 pontos
11
8
5
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
GabrielaMaria
Publicado: 31/01/2024 00:10  Atualizado: 31/01/2024 00:48
Membro de honra
Usuário desde: 04/09/2022
Localidade:
Mensagens: 1047
 Re: solidão com asas
.


Esse é um tema que vou amanhã desenvolver, eu gostei do "solidão com asas" parece bem triste, mas gosto da minha solidão e se tivesse asas para escolher alguns momentos ficaria mais isolada e se fosse você viver a minha vida, você só irá perceber as minhas razões.
Abraços.


* eu só imaginei essa cena poética. Talvez um pouco triste ou sendo olhada por outros lados.




Enviado por Tópico
Paulo-Galvão
Publicado: 31/01/2024 17:56  Atualizado: 31/01/2024 17:56
Usuário desde: 12/12/2011
Localidade: Lagos
Mensagens: 1176
 Re: solidão com asas
Olá HorrorisCausa,

Gostei poema muito fluido.
Mesmo na sombra da solidão podemos ver nas estrelas o que desejamos,

Abraço

Paulo

Enviado por Tópico
Alemtagus
Publicado: 31/01/2024 18:09  Atualizado: 31/01/2024 18:09
Membro de honra
Usuário desde: 24/12/2006
Localidade: Montemor-o-Novo
Mensagens: 3100
 Re: solidão com asas p/ HorrorisCausa
Um momento efémero imortalizado no firmamento. Algo tão minúsculo como o universo de alguém, o princípio e o fim. Sonhaste?

Enviado por Tópico
Alpha
Publicado: 31/01/2024 23:58  Atualizado: 31/01/2024 23:58
Membro de honra
Usuário desde: 14/04/2015
Localidade:
Mensagens: 1905
 Re: solidão com asas
Olá HC


A solidão tem muito que se lhe diga
Aparece sem requerer autorização
Pode fazer doer a cabeça e barriga
E até grandes apertos no coração!

Mas, como no caso em apreço tem asas, tudo fica muito mais leve. As asas transportam a todos os sítios com a vantagem de nunca sair do lugar. Até a melancolia mesmo que “entrevada” não quer aquecer lugar...quem voa jamais estará só, o principio e o fim!

Enviado por Tópico
Egéria
Publicado: 01/02/2024 09:42  Atualizado: 01/02/2024 09:42
Usuário desde: 28/09/2009
Localidade:
Mensagens: 889
 Re: solidão com asas
Olá, fascinante o poema.
As ideias que surgem da tua inspiração são magnificas.
Beijinho

Enviado por Tópico
Maribel
Publicado: 02/02/2024 18:26  Atualizado: 02/02/2024 18:26
Da casa!
Usuário desde: 21/08/2010
Localidade: Venho do mar
Mensagens: 364
 Re: solidão com asas
Caro poeta, um prazer ler-te.
Profundo, reflexivo e tocante.
Exala uma beleza instigante.
Saudações poéticas.
Maribel! 🌷

Enviado por Tópico
AliceMaya
Publicado: 04/02/2024 18:46  Atualizado: 04/02/2024 18:46
Super Participativo
Usuário desde: 02/02/2024
Localidade:
Mensagens: 166
 Re: solidão com asas / Horroris Causa
Olá, HC.

As "pálpebras cortinas" a sonambular, uma "solidão por anestesiar", esmagar "o que não se alcança" (como era bom!), presente ... a "melancolia permanente".

Muito obrigada pela partilha do poema.
Verdadeiramente inspirador, para mim, pelo menos, a quem tudo isto diz tanto!
De certeza que voltarei aqui para reler.

Abraço Maya!

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 20/02/2024 00:31  Atualizado: 20/02/2024 00:31
Membro de honra
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17960
 Re: solidão com asas
Arretada essa caneta! Parece um pincel ímpar. Aplausos. Bjs