Poemas -> Paixão : 

Doce sabor proibido

 
Nos olhos teus, mora a perdição, 
Sedutora chama que incendeia o desejo, 
No fogo ardente dessa tentação, 
Minh'alma se entrega ao seu beijo. 
 
Teu olhar, labirinto de paixão, 
Me leva ao caminho do profundo amor, 
E me perco em tua doce ilusão, 
Num mar revolto cheio de esplendor. 
 
Ah, como é doce o sabor proibido, 
Dessa loucura que nos consome, 
Em teus olhos, o meu destino é decidido. 
 
Por ti, me entrego ao abismo sem dó, 
Em teus braços, meu mundo some, 
E na loucura do amor, não me encontro só. 
 
Poema: Odair José, Poeta Cacerense

 
Autor
Odairjsilva
 
Texto
Data
Leituras
154
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
14 pontos
4
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Egéria
Publicado: 21/02/2024 11:52  Atualizado: 21/02/2024 11:52
Usuário desde: 28/09/2009
Localidade:
Mensagens: 889
 Re: Doce sabor proibido
Olá,
"Por ti, me entrego ao abismo sem dó,
Em teus braços, meu mundo some,
E na loucura do amor, não me encontro só. "
Adorei!!
Abraço


Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 21/02/2024 16:25  Atualizado: 21/02/2024 16:25
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 10486
 Re: Doce sabor proibido
Belo soneto!
Sempre o amor presente na criatividade do Poeta, sempre nos encanta o belo.

Abraço
uma boa semana.