Poemas : 

Nosso Amor

 
Open in new window

Sentada no jardim,
Rosa mirava seu olhar pra o capim,
Nas mãos… flor-jasmim.
Tudo parecia ser o fim
Naquela tarde de festim

Olhei pra o beija-flor
De lábios grudados à lor,
E questionei nosso amor...
Em meu coração, uma vaga de calor
Reativou meu vigor

Peguei-lhe no braço
E perdemo-nos num abraço,
Sorridente, sentou-se no meu regaço
E rolamo-nos pelo verdejante espaço

À tarde ia a pino
E, com seu jeito fino,
Depositou em meus lábios, um beijo repentino
E, no meu coração, ouvia-se o repicar dos sinos

Pedi – lhe namoro,
E ela disse que sim.
Nosso amor, enfim,
Renasceu na maciez da tarde naquele jardim,
E no meu coração, desvaneceu a nuvem do motim

Adelino Gomes-nhaca


Adelino Gomes

 
Autor
Upanhaca
Autor
 
Texto
Data
Leituras
241
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 26/02/2024 22:01  Atualizado: 26/02/2024 22:01
Usuário desde: 07/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 16073
 Re: Nosso Amor
E assim a bela estória de amor chegou ao fim! Gostei do exagero das rimas nas estrofes. Um abraço!