Poemas : 

o coito das borboletas

 



dois pares de asas coloridas
trêmulas e semi abertas

de longe
quase juntas

de perto
tão distantes


Aquela mania de escrever qualquer coisa que escorrega do pensamento.

Open in new window



enquanto chove por aqui
as borboletas ainda brincam
de papai e mamãe

 
Autor
MarySSantos
 
Texto
Data
Leituras
182
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
29 pontos
5
4
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
AliceMaya
Publicado: 29/02/2024 02:10  Atualizado: 29/02/2024 02:10
Super Participativo
Usuário desde: 02/02/2024
Localidade:
Mensagens: 157
 Re: o coito das borboletas
Olá, Mary.

Talvez que o coito dessas borboletas só se poderá apreciar de longe.
De perto, borboletas que ainda brincam de papai e mamãe já não se permitem ser observadas.
Ou, em alternativa, são os nossos olhos embaciados que confundem o perto e o longe. Queremos estar perto, mas estamos longe? Ou longe, quando estamos perto?
E, levando mais além as questões, o que é isso de "perto" e "longe". Quão longe é o longe e quão perto é o perto?
Tu sabes?
Eu não.
Como sempre, uma maravilha, Mary!

Abraço Maya!


Enviado por Tópico
ZeSilveiraDoBrasil
Publicado: 29/02/2024 14:45  Atualizado: 29/02/2024 15:23
Administrador
Usuário desde: 22/11/2018
Localidade: RIO - Brasil
Mensagens: 1916
 Re: o coito das borboletas
.
.
.
Entenderia se os odores que sempre me atrairam fossem classificados como feronômios...
Será que estou desatualizado, Maria?
...o colorido dos seus versos ainda é um mais valia para minha volátil interpretação.... idem assim como é o flanar colorido das suas asas poéticas; fatores importantes no poema para o entendimento e o encurtamento da distâncias que se dispersam e confundem o olhar...
...coito de borboletas deve ser uma coisa complicada mesmo.rs
"de longe
quase juntas
de perto
tão distantes"

Meu abraço caRIOca!


Enviado por Tópico
Yan_Booss
Publicado: 14/03/2024 18:59  Atualizado: 14/03/2024 19:03
Da casa!
Usuário desde: 26/08/2011
Localidade: Brasil-BR (Itinerante)
Mensagens: 489
 Re: o coito das borboletas
involuntariamente acato quando a natureza preenche de frisson meus sentidos.
como nesse coito das borboletas; bailando esvoaçantes de prazer na sua poesia.

Yan