Poemas : 

Cortina dos ventos

 

a noite ela pinta os lábios
sorri dos espelhos
corrói de azul o céu
brinca despir
a meia de seda
o vadio da lua
sonha ser cortina dos ventos
em janelas tão verdes
como campos de golfe
ousa não dormir
com o mesmo silêncio
duas vezes


Vania Lopez


Devo confessar que sou o contrário, meus passos seguem em contrário.
Sou uma pessoa inquieta, vou onde meu vento me leva. Artista Plástica e escritora, as vezes sem saber se pintoraqueescreve ou escritoraquepinta...
Procuro por algo, mas a intenção n...

 
Autor
Vania Lopez
 
Texto
Data
Leituras
102
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
14 pontos
6
4
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Barbozza
Publicado: 15/05/2024 00:47  Atualizado: 15/05/2024 00:47
Membro de honra
Usuário desde: 24/07/2009
Localidade: Brasil - Alagoas
Mensagens: 1563
 Re: Cortina dos ventos
Vania Lopez, vejo que tua inspiração ronda a noite inteira, e, nos presenteia com versos belos e cheios de significados ocultos, kkk, abraço querida .


Enviado por Tópico
Alemtagus
Publicado: 15/05/2024 16:59  Atualizado: 15/05/2024 16:59
Membro de honra
Usuário desde: 24/12/2006
Localidade: Montemor-o-Novo
Mensagens: 3121
 Re: Cortina dos ventos p/ Vania Lopez
A tua noite é boémia. Gostei da analogia dos dois silêncios, vai de encontro à minha ideia da diferença entre o silêncio da leitura e o silêncio da escrita, são diferentes, têm sons diferentes.


Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 15/05/2024 17:12  Atualizado: 15/05/2024 17:12
Membro de honra
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11086
 Re: Cortina dos ventos
Vânia querida
Ventos de boa poesia.
Beijo
Nanda