Poemas -> Desilusão : 

Iludida introspecção

 
Iludida introspecção
 

Iludida introspecção


Eu prefiro escrever no papel,
Logo após no computador digitar,
Os versos que fiz para você hoje,
Enquanto o sono não quer chegar.

Veja meu amor o que acontece,
Queria para ti uma canção eu cantar,
Peço até em uma prece,
O tempo com você poder controlar.

Teu amor é um muro fechado,
Teus beijos não sei o sabor,
Nessa espera sinto frio em teu aguardo,
Embora lá fora faz muito calor.

Estes versos curtos e breves,
Fiz para aplausos te dá,
Nessa minha iludida introspecção,
O teu jardim não quero mais regar.





Elias da Silva Barbozza


 
Autor
Barbozza
Autor
 
Texto
Data
Leituras
124
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
5 pontos
3
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Barbozza
Publicado: 21/05/2024 14:45  Atualizado: 28/05/2024 13:08
Membro de honra
Usuário desde: 24/07/2009
Localidade: Brasil - Alagoas
Mensagens: 1575
 Re: Iludida introspecção
curta esses versos com a belíssima música de Roberto Carlos-, "Eu ofereço flores".



Enviado por Tópico
AlexandreCosta
Publicado: 21/05/2024 15:47  Atualizado: 21/05/2024 15:47
Super Participativo
Usuário desde: 06/05/2024
Localidade: Braga
Mensagens: 137
 Re: Linda inspiração
Acaso ela deite os olhos por certo o beijo virá! :) um abraço