https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Despidos de toda honra e pudor...

 
Não mais
O cântico antigo
A transbordar dos olhos
Como pesada sombra
De uma lágrima absurda;

Não mais
A dor não gemida
A ornamentar no rosto
A existência cinzenta;

Não mais,
Senhor meu,
O manancial esplendoroso
De lástimas
A cegar o trajeto
Dos dias vindouros;

Deixemos nossos íntimos,
Amado,
Necessitarem-se tanto
E destemperadamente;

Presenciemo-nos,
Despidos de toda
Honra e pudor,
Na condição imensurável
E alquímica
Do amor humano...

 
Autor
Amora
Autor
 
Texto
Data
Leituras
691
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
cleo
Publicado: 19/05/2008 00:50  Atualizado: 19/05/2008 00:50
Luso de Ouro
Usuário desde: 02/03/2007
Localidade: Queluz
Mensagens: 3857
 Re: Despidos de toda honra e pudor...
E assim, despidos de toda essa honra e pudor
Se entregam a si, na imensidão de tamanho fulgor...

Beijo

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 22/05/2008 14:14  Atualizado: 22/05/2008 14:14
 Re: Despidos de toda honra e pudor...
Amora, as suas expressões são sempre límpidas
como o silêncio da ternura.

Magnifico.

Parabéns

Ulysses