https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Poemas de Joana Darc Brasil

 
Hoje eu olhei sua foto
Cada detalhe me chamou atenção.
O sorriso no teu rosto eu noto
Sinto saudades de você minha paixão.

Sinto por você tanta ternura
Tanta emoção e tanto ardor
Que dirás que sou imatura
Ou que tenho muito amor.

Quando amamos de verdade
Seja em qualquer circunstância
Não importa a idade
Não importa a distância...

O que importa é o sentimento
É a forma de amar, é a química.
É a união de pensamentos
E nossa vida íntima.

Não importa o que pensam da gente
Que não combinamos
Ou que somos um casal “diferente”
O que importa é que nos amamos.

Mas hoje esta foto olhando
Sinto vontade chorar
Por que te amo tanto
E você tão longe está.
Sua Foto
Venha para meus braços.
Não deixemos o tempo passar
Vamos desfazer todos os laços
Que atrapalha a gente se amar.

Joana Darc Brasil*
*Este poema é registrado. Copyright: Todos os direitos reservados à autora dos mesmos,


Edna Schneider Lemos

 
Autor
Edna Schneider Lemos
 
Texto
Data
Leituras
4264
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 14/06/2007 22:39  Atualizado: 14/06/2007 22:39
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14967
 Re: Poemas de Joana Darc Brasil p/ Joana Darc Brasil
Querida amiga

Que bom tê-la aqui senti vontade
de lhe falar para postar aqui, mas
não precisou cá está....
O que importa é mesmo o sentimento
que vai se tendo no coração não
tendo ninguém a ver com isso...
E a saudade é algo que machuca
olhando uma fotografia muitas vezes
choramos, mas ainda bem que a temos
Amei seu poema...
(10)

Beijinhos no coração

Enviado por Tópico
Angela
Publicado: 14/06/2007 22:48  Atualizado: 14/06/2007 22:48
Colaborador
Usuário desde: 28/09/2006
Localidade: Caldas da Rainha
Mensagens: 567
 Re: Poemas de Joana Darc Brasil
O amor é para ser vivido simplesmente a dois.

Gostei muito do teu poema.

Um beijinho grande.