https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Surrealistas : 

CARRINHO DE BOMBEIRO

 
Vou levá-la devolta para aquele arraial à esquerda
da minha mente, onde você me ama de verdade,e os papéis do casório são assinados pela poesia.
O que vemos nas estrelas e chamamos de brilho, são gargalhadas radiantes, de nossa insignificância perante o infinito.
Mas um passarinho me contou qual é o sentido da vida, me ensinando a voar com asas de um fardo leve.

A celeuma desses motores, abafa qualquer paz que brote de um idílio.
E as estrelas a guiar as estradas do sem destino,
destino feito por homens profafnadores natos dos desígnios de Deus.
Uma borboleta de nome Jussara, todas as manhães, me pergunta sobre sua primavera.
E minha resposta é um beijo de beija-flor, e doce e excitante sabor daquilo que está por vir.

Abri e lavei as mãos para a minha condição de cristão, e agora posso me casar com um ser humano de carne,osso e interesses.
E nas cores barulhentas daquele vestido, em seu avesso, encontro um abrigo.

Meu surrealismo pós-guerra, cala os meus sentidos para a loucura dos donos da verdade.
Posso salvar o meu mundo com esse carrinho de bombeiro, posso tomar chá a hora que eu quiser, posso vestir o short-saia da tia do Fernando, não posso acreditar em você, mas posso me esforçar para ser fiel.



MEU BLOG:

reinodalira.wordpress.com

 
Autor
reinodalira
 
Texto
Data
Leituras
1427
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henrique Pedro
Publicado: 27/07/2008 21:54  Atualizado: 27/07/2008 21:54
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2007
Localidade:
Mensagens: 3821
 Re: CARRINHO DE BOMBEIRO
Surrealista e curioso é, de facto, o teu texto.Abraço

Enviado por Tópico
flavio silver
Publicado: 27/07/2008 22:12  Atualizado: 27/07/2008 22:12
Colaborador
Usuário desde: 24/09/2007
Localidade: barcelos
Mensagens: 1001
 Re: CARRINHO DE BOMBEIRO
um poema bem ligado ao inconsciente.
gostei.
abraço.