https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Para quê a guerra?

 
Para quê a guerra?
 
A conquista de poder

E a grande frustração,

Levam pessoas a morrer

E a uma grande destruição.

A estupidez e a ganância

Levam os homens a lutar,

Todos teem uma certa ancia

De uns contra os outros pelejar.

E vive-se a amargura

Os homens tudo levam a ecludir,

Nada se ve de ternura

Todos pensam em destruir.

As pessoas pedem liberdade

Mas os soldados querem mutilar,

Ninguem tem dignidade

E as armas nao param de disparar.

Deixando orfas as crianças

Aqui e ali, se veem choramingar,

Deitando por terra as esperanças

De os seus pais novamente encontrar.

E nada se omitir podera

Vive-se a guerra dura e fria...

Apenas na alma se sentirá

E so alguns, contaram o que se sofria...


Mónica

 
Autor
DarkRose
Autor
 
Texto
Data
Leituras
747
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
jessé barbosa de oli
Publicado: 04/08/2008 17:42  Atualizado: 04/08/2008 17:42
Da casa!
Usuário desde: 03/12/2007
Localidade: SALVADOR, Bahia
Mensagens: 334
 Re: Para quê a guerra?
por isso dou todo crédito aos dadaístas
quando afirmam que o homem não é uma força
criativa, realizadora pois tudo o que eles erigem
tem como empresa a promoção da destruição.


Enviado por Tópico
cleo
Publicado: 05/08/2008 09:10  Atualizado: 05/08/2008 09:10
Luso de Ouro
Usuário desde: 02/03/2007
Localidade: Queluz
Mensagens: 3857
 Re: Para quê a guerra?
Olá menina!

É verdade, as guerras são as maiores catástrofes do mundo, feitas pela mão do homem!
E... porquê?
Famílias destroçadas
Crianças órfãs... sós...
Que choram...
Perdidas
Estáticas
Apáticas...
No meio dos escombros
Do que restou das suas casas
Trapos no corpo
Meio desnudados
Choros compulsivos
Desespero
Tristeza estampada
Nos rostos dos que ficaram...
Fome
Sede
Frio
Morte
Medo
Vazio
Sangue espalhado
Cheiro a podre...
Noite a meio do dia
Esperança adiada
Dia após dia
De dias e noites
Sem fim
Guerras inúteis...
Porquê?!

O teu poema sensibilizou-me muito.

Beijo

Enviado por Tópico
AnaMariaOliveira
Publicado: 06/08/2008 09:05  Atualizado: 06/08/2008 09:05
Super Participativo
Usuário desde: 19/06/2008
Localidade: Lisboa
Mensagens: 158
 Re: Para quê a guerra?
Este é de facto um dos flagelos do mundo em que vivemos... a guerra...

Muita sensibilidade!

Gostei do poema!

Abraço de amizade