https://www.poetris.com/
 
Acrósticos : 

Infidelidade

 
I nfinitas juras de amor que fiz
N ada era verdade sempre a
F elicidade bateu em minha porta e simplesmente
I gnorei...mas depois bate o arrependimento
D oe em ao saber que perdemos alguém que amava agora o caminho é só
E spinhos e mais espinhos, é difícil,
L utar porque no tornamos verdadeiramente
I nfieis conosco mesmo, choramos pelo passado amargurado e
D epois tentamos consertar esse erro que maltratou um
A lguém apaixonado que por muito tempo nos fizeram felizes os
D ias e as noites não nos agrada ficamos
E ncuralados em um labirinto, doente com uma dor que ocasionamos mas, poderia facilmente ser evitada.

 
Autor
Dimilsonbrasil
 
Texto
Data
Leituras
766
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.