https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

FECHEI A PORTA DO TEMPO

 

Fechei a porta do tempo
e entretida bisbilhotei
as gavetas do esquecimento
desbotadas de rosa velho.
de tudo encontrei:
espelhos de dourada poeira,
lustres da cegueira,
de homens enganados.
Que transformados,
gritam diplomas, acetinados
de cera lacre e finas
fitas adornados.
Que mais parecem
pobres quadros,
despidos de tintas,
Pintados por poetas,
tosquiados de engenho,
excentricidade colorida,
De falsos e pudicos artistas!!!!

Dinah Raphaellus

 
Autor
Dinahraphaellus
 
Texto
Data
Leituras
658
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
LuisaMargaridaRap
Publicado: 11/09/2008 20:16  Atualizado: 11/09/2008 20:16
Colaborador
Usuário desde: 19/08/2008
Localidade: Portalegre - Alentejo
Mensagens: 1512
 Re: FECHEI A PORTA DO TEMPO
Neste poema, o tempo parace-me tão real e tão comtemporaneo...

bjs

Luisa Raposo