https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Luar ...

 
 Luar ...
 
Lua cheia...

Me lembra alguém:
Uma luz no meio da escuridão
Não que tu reflitas a luz de outros
(tu tens a tua própria chama:
Aquela de quem ama)
É algo raro hoje em dia:
Alguém em quem confiar
quem respeitar
quem amar

Uma ilha no meio do oceano
Uma luz em meio às trevas
Te amar é o mais perfeito plano
Sob o luar, nas doces relvas

Lua minguante
Me lembra alguém também
Faz-me lembrar seus momentos de tristeza
Horas de ódio contra a natureza
Tu cabisbaixa, como dizia o cantor:
"A minha gente sofrida
Anda olhando de lado"
O mundo parece prestes a acabar
A vida parece quase terminar...

Lua crescente
Me recorda que a semente
Sempre germina, cedo ou tarde
Mesmo sem alarde
Apenas espera que a chuva lhe molhe
Que o Sol lhe dê forças
Me lembra que a centelha
Se transforma em fogueira
Renasce como a Fênix das cinzas
Supera dificuldades mil

Lua cheia novamente
A vida anda em círculos
Um dia no alto, um dia no fundo
(Mas o amor continua profundo)
É assim que as coisas são no mundo
A lua a me iluminar
Tua face a contemplar
Teu corpo a acariciar
Tu inteira a amar...

Luar...
Companheiro dos poetas
Amigo dos apaixonados
Doce lua...
Me lembra alguém, como já disse o poeta:
"Eu vivo sonhando em ser astronauta
Eu olho pra lua, eu sinto a tua falta"
Ver o luar, tocá-la ao meu lado
Sonhar com o luar, amá-la ao meu lado

Simplesmente te amar...

Pra se dizer o que se quer dizer
Não é preciso rimas nem refrões
É preciso certeza no que fazer
E confiar nas próprias emoções...




Abílio Pereira




 
Autor
Abílio_Pereira
 
Texto
Data
Leituras
651
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.