https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Desilusão : 

Deixo-te ir...

 
Meu coração já rasgado de dor
Percorre em câmara lenta,
Todos os momentos que vivemos.
Nossos sentimentos,
Nossos desejos,
Nossos planos,
Perderam-se pelo caminho...
Perderam-se na mágoa, na ignorância,
Perderam-se na ilusão do que nunca foi.
Por isso meu amor,
Deixo-te ir...
Apesar da tristeza que abala minha alma,
Apesar do sofrimento que destrói minha vida,
Apesar do desespero que vai me matar.
Deixo-te ir...
Segue teu destino, que não vai de encontro ao meu,
Tenta levar contigo a felicidade,
Dos dias que nunca tivemos.
Deixo-te ir....
Porque teu amor era apenas uma máscara
Para esconder tudo o que não sentias,
Teu olhar, foi a minha traição,
Que enganou-me, por engano.
Deixo-te te ir....
Nas asas de um anjo,
Para que percorras outros mundos,
Outras vidas, sem mim.
Minha face já transfigurada pela dor,
Começa a perder a sua tonalidade,
Meus membros, perderam a sua vitalidade,
E meu sorriso, morreu junto contigo.
Mas deixo-te ir....
Apesar da atrocidade deste encontro,
Apesar da minha morte interior,
E da magia que se criou e se perdeu.
Apesar disso tudo, meu amor....
Deixo-te ir....
Voa em liberdade,
Mas ensina-me primeiro a viver sem ti,
Ensina-me o que é a vida, depois de ti,
Ensina-me como recuperar de novo minha alma.
Vai, meu amor....
Que o vento seja o teu guia,
E a lua tua companheira.
Que as estrelas brilhem sempre na tua direcção.
Vai, meu amor....
E deixa-me aqui desfalecer sozinha.
Vai, meu amor
Antes que a noite chegue,
E que os meus fantasmas me persigam,
Antes que o dia morra,
E o sol deixe de brilhar.
Vai agora,
Mas não voltes mais!

 
Autor
deusaii
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1032
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
5 pontos
5
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Arcanjo Miguel
Publicado: 08/10/2008 09:47  Atualizado: 08/10/2008 09:47
Da casa!
Usuário desde: 02/07/2007
Localidade: Rio de Janeiro/RJ - Brasil, 38 anos, Escritor Amador
Mensagens: 338
 Re: Deixo-te ir...
Uma bela poesia que retrata o desapego
e figura a dor latente explicitando a síntese
maior do amor que se foi deixando um
vazio aleatório no ser, lindo texto beijos no
coração...


Enviado por Tópico
Ramgad
Publicado: 08/10/2008 13:07  Atualizado: 08/10/2008 13:07
Colaborador
Usuário desde: 13/04/2007
Localidade:
Mensagens: 944
 Re: Deixo-te ir...
Nossa, nunca um poema conseguiu arrancar me lágrimas e o teu...fiquei muito emocionada.
Parabéns pelo poema.

Abs
Ramgad


Enviado por Tópico
GlóriaSalles
Publicado: 09/10/2008 00:42  Atualizado: 09/10/2008 00:42
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2008
Localidade: Flórida Pta-SP
Mensagens: 2514
 Re: Deixo-te ir...
Menina que lindo!!
Explosão de sentimentos...
Seja benvinda viu.

Bjos
Open in new window