https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Aplaino o tempo

 
Aplaino o tempo

Na inconstância do vento,
No querer do sonho,
Aplaino o tempo
E a vida
Vivida a haustos
E desesperos…
Mas o tempo,
Ingrato sedutor,
Imortal e ubíquo,
Surge, de novo,
Montanhas e vales à desfilada…
Só o eco me responde
Dessa fronteira intransponível!
Precipita-se no abismo
A vontade,
O sonho
E a vida…

O teu braço estende-se…



Goretidias

 
Autor
goretidias
 
Texto
Data
Leituras
3282
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
5 pontos
5
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 10/10/2008 16:09  Atualizado: 10/10/2008 16:09
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4263
 Re: Aplaino o tempo
Lindo demais! Bjs

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/10/2008 16:12  Atualizado: 10/10/2008 16:12
 Re: Aplaino o tempo
Plenitude! intensidades! tudo num só poema.
LIndo demais.
Beijo.

Enviado por Tópico
António MR Martins
Publicado: 10/10/2008 16:13  Atualizado: 10/10/2008 16:13
Colaborador
Usuário desde: 22/09/2008
Localidade: Ansião
Mensagens: 5064
 Re: Aplaino o tempo
Muito, muito bonito.
Há sempre alguém que nos pode ajudar... salvar.
Gostei imenso.

Enviado por Tópico
gil de olive
Publicado: 10/10/2008 16:20  Atualizado: 10/10/2008 16:20
Colaborador
Usuário desde: 03/11/2007
Localidade: Campos do Jordão SP BR
Mensagens: 5046
 Re: Aplaino o tempo
Bonito tema, bem escrito e suave para ler!Aplaudindo voce e desejando uma linda tarde!