https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Solidão

 
Nas brumas do tempo,
Incontornável espaço,
Me desatino no desatino de nós!

Nas inconstâncias do vento,
Incontornável suspiro,
Me desafio no desafio da vida!

Nas buscas de sol,
Incontornável luz,
Me derreto no desfazer do frio em nós!

E na ausência de um mundo em ti,
A solidão de uma vida …

Choro-te a lonjura
E o tempo sem tempo…




Goretidias

 
Autor
goretidias
 
Texto
Data
Leituras
3733
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
19 pontos
11
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 23/09/2008 19:12  Atualizado: 23/09/2008 19:12
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 9702
 Re: Solidão
A solidão traz-nos essas sensações e esse deserto
de esperanças.
Lindo, Goreti.
Vóny Ferreira

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 23/09/2008 19:20  Atualizado: 23/09/2008 19:20
 Re: Solidão
A solidão é luz que nos ilumina nas horas mortas...da mortalidade em que repousamos.

Sublime
Bjs

Enviado por Tópico
Alemtagus
Publicado: 23/09/2008 20:20  Atualizado: 23/09/2008 20:20
Colaborador
Usuário desde: 24/12/2006
Localidade: Montemor-o-Novo
Mensagens: 2861
 Re: Solidão p/ goretidias
Caminho trauteado por entre laivos de esperança, necessidade de companhia. A solidão veste-se de efémera, rompendo com os elementos.

Beijo

Enviado por Tópico
HorrorisCausa
Publicado: 23/09/2008 20:29  Atualizado: 23/09/2008 20:29
Colaborador
Usuário desde: 15/02/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 2699
 Re: Solidão
Por vezes a solidão abraça tão forte, que parece nem estarmos sós.

Gostei!

Beijo

Enviado por Tópico
Carlos Ricardo
Publicado: 23/09/2008 20:57  Atualizado: 23/09/2008 20:57
Colaborador
Usuário desde: 28/12/2007
Localidade: Penafiel
Mensagens: 2020
 Re: Solidão
Goreti,

deparo-me com um poliedro cujas faces se conjugam em ambiguidades aflitivamente sugestivas ligadas pelo incontornável tempo... sem tempo, que é a solidão.
Sério e muito bem lapidado.
Abraço.

Enviado por Tópico
Tália
Publicado: 23/09/2008 21:00  Atualizado: 23/09/2008 21:00
Colaborador
Usuário desde: 18/09/2006
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2503
 Re: Solidão
Muito bonito

Beijo com saudades

Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 23/09/2008 22:03  Atualizado: 23/09/2008 22:03
Luso de Ouro
Usuário desde: 07/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4592
 Re: Solidão
Adorei o teu poema amiga,

Nas inconstâncias do vento,
Incontornável suspiro,
Me desafio no desafio da vida!

Vencer a saudade e a solidão é um autentico desafio desta nossa vida terrena...

Beijinhos Goreti
Tudo de bom para ti

Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 24/09/2008 00:04  Atualizado: 24/09/2008 00:04
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4263
 Re: Solidão
AH SOLIDÃO, SEMPRE ME ENCANTA POEMAS ADVINDOS DELA,
POIS SÃO OS MAIS PROFUNDOS E TOCANTES, ADOREI!


Enviado por Tópico
António MR Martins
Publicado: 08/10/2008 21:52  Atualizado: 08/10/2008 21:52
Colaborador
Usuário desde: 22/09/2008
Localidade: Ansião
Mensagens: 5064
 Re: Solidão
Apesar da tristeza...
gostei muito.

Enviado por Tópico
Ajota
Publicado: 24/10/2008 07:10  Atualizado: 24/10/2008 07:10
Da casa!
Usuário desde: 07/05/2007
Localidade: Caldas da Rainha
Mensagens: 254
 Re: Solidão
Belo poema.

Beijo