Prosas Poéticas : 

Tudo se perdeu em mim...

 
Tags:  vida    esperança    desilusão    força  
 
Open in new window

Tudo se perdeu em mim! A doce cor de amora que irradiava nos meus sonhos, misturou-se no cinzento lamacento da realidade. E o perfume quente e picante desapareceu num rasgo de cheiro nauseabundo trazido pelas correntes da morte! E ainda, o dó ré mi do bramir do mar se musicalizou para um som que dá dó de ouvir!!! Nada ficou em mim, nada restou daquela que outrora fui, tudo se perdeu em mim...Mas quando se perde, procura-se! Posso não ter nada, posso nada ser, mas este ser vazio continua um guloso à procura do sabor da vida, um nariz parisiense farejando por paixão, um maestro à procura de levar a melodia do sonho para a realidade! Posso dizer que tudo se perdeu em mim... excepto a força de viver!!!




@Olga Silva

 
Autor
Olga Silva
 
Texto
Data
Leituras
2370
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
pedro V.S.
Publicado: 14/10/2008 21:34  Atualizado: 14/10/2008 21:34
Da casa!
Usuário desde: 13/10/2007
Localidade: PORTO
Mensagens: 246
 Re: Tudo se perdeu em mim...
Por aqui amiga O.Silva ??
E acompanhada por um texto excelente...gostei muito!
Obrigado e Parabéns

Bjs.e muita inspiração

Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 14/10/2008 22:13  Atualizado: 14/10/2008 22:13
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4246
 Re: Tudo se perdeu em mim...
um belo texto, bem reflexivo! parabéns!
e viva a vida!

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 14/10/2008 23:37  Atualizado: 14/10/2008 23:37
 Re: Tudo se perdeu em mim...
Bela prosa poética. E que força de viver!

Gostei muito,

DM

Enviado por Tópico
Paula Baggio
Publicado: 18/10/2008 17:08  Atualizado: 18/10/2008 17:08
Da casa!
Usuário desde: 20/10/2007
Localidade: Franca - SP
Mensagens: 213
 Re: Tudo se perdeu em mim...
É isso, poetisa! Nenhum momento é bastante escuro para que percamos a vontade de vida! Parabéns e obrigada pela visita e comentário. Continue voltando ao meu cantinho, me honra!. Beijos, Paula