https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 ... 193 »
Textos deste autor
Offline
Frederico
Fosforescências
Ainda que decrépito o silêncio esponja-se no Lajedo deste tempo decadente e marginal Deixa a fu...
Enviado por Frederico
em 18/01/2019 21:03:00
Textos deste autor
Offline
Upanhaca
Oiça a voz do destino
Vá, parta meu amor! Oiça a voz do destino, Parta e leve pedacinhos Do meu coração partido. Ficar...
Enviado por Upanhaca
em 15/01/2019 14:47:33
Textos deste autor
Offline
Maryjun
Conversando com Deus II
Estava sem graça e triste! A olhar para o tempo pensante. Levantei os olhos para o céu ali - hav...
Enviado por Maryjun
em 09/01/2019 20:40:23
Textos deste autor
Offline
Upanhaca
A morte não vai de boleia
Lá, onde a morte Não vai de boleia Nas asas do vento, Estão os sorrisos. Sorria primeiro Pra qu...
Enviado por Upanhaca
em 09/01/2019 10:41:09
Textos deste autor
Offline
AjAraujo
A vida está ruim, mas é melhor assim, sem eles...
Crônicas sobre um coxinha inveterado - (I) Em uma viagem de metrô, encontro um velho conhecido...
Enviado por AjAraujo
em 06/01/2019 13:25:56
Textos deste autor
Offline
Frederico
Close-up
De ecos deslumbrados renasce cada silêncio E entre a penugem da manhã redesenho este Fascinado so...
Enviado por Frederico
em 02/01/2019 14:51:09
Textos deste autor
Offline
crstopa
[Desastre: Um blues no entardecer]
Duas laranjas murchas me aguardam jantar só. Fim de história. Pronto —, agora, às laranjas antes ...
Enviado por crstopa
em 30/12/2018 17:54:54
Textos deste autor
Offline
crstopa
[Rituais]
[Rituais] — as frases habituais de certas situações; o comportamento em casamentos, velórios etc...
Enviado por crstopa
em 30/12/2018 17:52:26
Textos deste autor
Offline
crstopa
[Uma é mil, dois mil, milhares de palavras]
Cada palavra é só uma certa brotação de uma erva daninha em meu campo verde de incompreensíveis e...
Enviado por crstopa
em 30/12/2018 17:50:17
Textos deste autor
Offline
Upanhaca
A candura da tua alma
Pudesse eu contar tanto ouro Que tem teu cabelo loiro, Fá-lo-ia na presença Do teu olhar de luz...
Enviado por Upanhaca
em 30/12/2018 11:36:45
Textos deste autor
Offline
Maryjun
Vestido novo (Feliz Ano Novo)
O tempo corre, corre, como águas de um rio Em seu leito. E nunca retorna de onde partiu... Esti...
Enviado por Maryjun
em 29/12/2018 01:45:21
Textos deste autor
Offline
Upanhaca
Segredos e espólios do nosso falecido amor
No calor do teu abraço Buscava o sol da tua alma Pra me aquecer, Quando ias embora E levavas con...
Enviado por Upanhaca
em 23/12/2018 14:54:48
Textos deste autor
Offline
Frederico
Palavras desatinadas
Deixo que os aromas primaveris revitalizem Aqueles perfumes costurados em naperons De palavras ...
Enviado por Frederico
em 18/12/2018 18:32:10
Textos deste autor
Offline
Upanhaca
Lábios, onde moram todos os sorrisos
No canto da cigarra, Ginga uma rola, No pé de dança com o vento, Dança que não invento Nem faço...
Enviado por Upanhaca
em 14/12/2018 13:22:14
Textos deste autor
Offline
Upanhaca
Deveres esquecidos...
Olho nos teus olhos de menino E vejo inocência, Inocência duma criança, Cujo futuro se pende Na...
Enviado por Upanhaca
em 08/12/2018 11:26:21
Textos deste autor
Offline
karinna*
Tolices*
***
Enviado por karinna*
em 02/12/2018 15:10:19
Textos deste autor
Offline
Upanhaca
Por ti, tudo faço, amor!
Nas orlas do alto rio nilo, Colhi uma flor Pra te dar No dia dos namorados E nas margens dos Hi...
Enviado por Upanhaca
em 01/12/2018 12:45:25
Textos deste autor
Offline
AjAraujo
o sapo filósofo (III)
pensando bem, vida de sapo é dura, e com esta reforma até mosquito sumiu, assim não há lagoa qu...
Enviado por AjAraujo
em 26/11/2018 13:22:28
Textos deste autor
Offline
Upanhaca
No céu dos teus lábios
Naquela louca tarde, O pôr-do-sol em teus olhos Acordara anjos e arcanjos Que no horizonte divi...
Enviado por Upanhaca
em 26/11/2018 11:57:19
Textos deste autor
Offline
crstopa
[É tempo da secura do silêncio]
Sim, são afiadas as lâminas geladas do silêncio que ora caem sobre nós. Quem as desafiar sofrerá ...
Enviado por crstopa
em 20/11/2018 19:09:18
(1) 2 3 4 ... 193 »