https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 ... 202 »
Textos deste autor
Offline
Migueljaco
NOS ARBUSTOS DA FLORESTA.
Nos arbustos da floresta, Os pássaros fazem seus ninhos, Em cantos formam orquestras, Voando nã...
Enviado por Migueljaco
em 12/01/2022 20:41:58
Textos deste autor
Offline
Migueljaco
O CHEIRO DA MATA VERDE.
O cheiro da mata verde, com sua copa elevada, o canto feito toada, de tantos animais silvestres...
Enviado por Migueljaco
em 11/01/2022 20:07:49
Textos deste autor
Offline
jorgehumberto
É POSSÍVEL A METAMORFOSE APONTAMENTO JORGE HUMBERTO
CRÓNICA É possível a metamorfose? Não (só) aquela física, da genes quase mágica de Alguma vida...
Enviado por jorgehumberto
em 10/01/2022 20:34:14
Textos deste autor
Offline
Migueljaco
QUNADO NÃO VOAMOS JUNTOS.
Quando não voamos juntos, na busca dos nossos sonhos, tudo se faz mais tristonho, não percebem...
Enviado por Migueljaco
em 10/01/2022 20:18:58
Textos deste autor
Offline
Simonekarinna*
Enviado por Simonekarinna*
em 08/01/2022 04:00:13
Textos deste autor
Offline
Migueljaco
BANDIDO JULGA BANDIDO.
Bandido julga bandido e aplica a pena máxima mas logo serão contidos pois ainda os rechaçam diz...
Enviado por Migueljaco
em 07/01/2022 20:38:32
Textos deste autor
Offline
Migueljaco
TENS A DOÇURA DOS BONS.
Tens a doçura dos bons, me tratas com delicadeza, está exposta sobre a mesa, o sentir que me...
Enviado por Migueljaco
em 06/01/2022 20:44:39
Textos deste autor
Offline
Lud
Prosa Poética 3(O Diário da Saudade)
3. O Diário da Saudade Henrique Lisboa sempre escrevia em seu diário os momentos em que sua...
Enviado por Lud
em 05/01/2022 03:23:17
Textos deste autor
Offline
Migueljaco
O ANO JÁ ESTÁ CONSATIVO
O ano já está cansativo, amanhã já tem vencimentos, de boletos proferidos, aos produtos consumi...
Enviado por Migueljaco
em 03/01/2022 21:45:47
Textos deste autor
Offline
Migueljaco
NÓS PRECISAMOS PROSEAR Ó NATUREZA.
Nós precisamos prosear ó natureza, sobre um fato repetitivo ilusionista, onde o homem no seu je...
Enviado por Migueljaco
em 03/01/2022 21:44:08
Textos deste autor
Offline
Lud
Prosa Poética 2(Roma em toda a sua pompa)
2. Roma em toda a sua pompa Oh, Roma, tu que tens tantos dons no mundo, tu que tens dia...
Enviado por Lud
em 03/01/2022 03:25:26
Textos deste autor
Offline
Lud
Prosa Poética 1(Reinos Antigos)
1. Reinos Antigos ​Reinos de antiguidades veladas, reinos que corroem e que se edifica...
Enviado por Lud
em 03/01/2022 03:19:13
Textos deste autor
Offline
Lud2
Prosa Poética 3(O Diário da Saudade)
[i]3. O Diário da Saudade Henrique Lisboa sempre escrevia em seu diário os momentos em que ...
Enviado por Lud2
em 02/01/2022 07:27:30
Textos deste autor
Offline
Lud2
Prosa Poética 2(Roma em toda a sua pompa)
2. Roma em toda a sua pompa Oh, Roma, tu que tens tantos dons no mundo, tu que tens di...
Enviado por Lud2
em 02/01/2022 07:22:45
Textos deste autor
Offline
Lud2
Prosa Poética 1(Reinos Antigos)
1. Reinos Antigos ​Reinos de antiguidades veladas, reinos que corroem e que se edifica...
Enviado por Lud2
em 02/01/2022 07:14:09
Textos deste autor
Offline
Migueljaco
BOTEI GARRANCHO EM VOSSO NINHO.
Botei garrancho em vosso ninho ajudei a chocar os ovos, alimentei os teus filhos, e agora ent...
Enviado por Migueljaco
em 30/12/2021 21:01:13
Textos deste autor
Offline
Migueljaco
A VIDA É UMA DEPURAÇÃO.
A vida é uma depuração, daquilo que nos permeia, das muitas contradições, das luzes que nos enc...
Enviado por Migueljaco
em 29/12/2021 20:57:45
Textos deste autor
Offline
Migueljaco
NESTAS ÁGUAS INFINDAS.
Nestas águas infinitas, enxergamos com franqueza, o que há de uma beleza, que a todos gostos in...
Enviado por Migueljaco
em 29/12/2021 20:56:16
Textos deste autor
Offline
Migueljaco
O AZEDO DO UMBU.
O azedo do umbu, Em contraste com os sabores, Denotam menos horrores, No paladar em geral, Assi...
Enviado por Migueljaco
em 27/12/2021 19:52:06
Textos deste autor
Offline
RayNascimento
Valéria Cavalheiro
Prosa poética dedicada a nobre Diretora do B-38 Nacional - Dra Valéria Cavalheiro. *** Textura d...
Enviado por RayNascimento
em 26/12/2021 17:49:20
(1) 2 3 4 ... 202 »