https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

A chuva derrama as gotas que os meus olhos se negam a deixar cair

 
A chuva derrama as gotas que os meus olhos se negam a deixar cair
 
Tempestade de pesadelo
Fantasmas da solidão
Preces em vão
Sorriso perecendo
Andar decadente
Coração esfacelado...
O tempo parou depois que você partiu
A tua ausência feriu a minha alma
Deixou imensas seqüelas
Mas eu não vou te procurar
Não vou retroceder
Serei um zumbi apaixonado
Vagando pelo mundo das minhas ilusões...


Maria Liberdade

 
Autor
MariaLiberdade
 
Texto
Data
Leituras
2850
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
LuisaMargaridaRap
Publicado: 18/12/2008 12:27  Atualizado: 18/12/2008 12:27
Colaborador
Usuário desde: 19/08/2008
Localidade: Portalegre - Alentejo
Mensagens: 1512
 Re: A chuva derrama as gotas que os meus olhos se negam a...
Maria tristinhas estas tuas palavras, como eu compreendo a dor que nelas descreves, a separação doi sempre e tem que dor senão o amor nunca existiu,

Beijinhos

Luisa Raposo

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 24/12/2008 00:16  Atualizado: 24/12/2008 00:16
 Re: A chuva derrama as gotas que os meus olhos se negam a...
Já li três ou quatro vezes este poema!

A tua forma de escrever deixa-me preso palavra a palavra!

Aqui porque te visitei deixo este comentário!
No Blog está outro onde li o poema pela primeira vez!

Beijão minha querida



Enviado por Tópico
António MR Martins
Publicado: 24/12/2008 00:29  Atualizado: 24/12/2008 00:29
Colaborador
Usuário desde: 22/09/2008
Localidade: Ansião
Mensagens: 5058
 Re: A chuva derrama as gotas que os meus olhos se negam a...
Por vezes as lágrimas de choro passam À lágrimas de pranto...o nosso interior sofre para si mesmo.
Seu poema é excepcional.

Beijinho

Enviado por Tópico
RobertoBastos
Publicado: 25/12/2008 14:38  Atualizado: 25/12/2008 14:38
Participativo
Usuário desde: 25/12/2008
Localidade: São Paulo
Mensagens: 14
 Re: A chuva derrama as gotas que os meus olhos se negam a...
Existe nestes versos um quê de nostalgia e desengano que me deixaram os olhos molhados. Quando ao poeta tem o dom de fazermos transceder podemos dizer:parabéns! Seu texto é tristemente lindo. Abçs. Bob