https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Cruel destino

 
Entraste na minha vida
Como um raio de sol
Iluminaste toda a escuridão,
Que existia dentro de mim.

O pouco tempo que estiveste
Ao meu lado, bastou.
Agora choro,
Porque ela te arrastou!

Anseio que voltes,
Anseio uma nova oportunidade,
Anseio por ti,
Meu pedaço de luz!

 
Autor
Sininho
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1277
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Nanda
Publicado: 26/12/2008 17:48  Atualizado: 26/12/2008 17:48
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2007
Localidade: Setúbal
Mensagens: 11191
 Re: Cruel destino
Sininho,
Este lindo poema tão sentido é a prova cabal de que filho de peixe sabe nadar.
Um beijinho
Tia Nanda

Enviado por Tópico
António MR Martins
Publicado: 26/12/2008 18:03  Atualizado: 26/12/2008 18:03
Colaborador
Usuário desde: 22/09/2008
Localidade: Ansião
Mensagens: 5064
 Re: Cruel destino
Pois é...
Por vezes o destino é muito cruel...há que envidar todos os esforços para ultrapassar esse desígnio.

Gostei imenso do que li.

Beijinho

Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 26/12/2008 19:00  Atualizado: 26/12/2008 19:00
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12119
 Re: Cruel destino
Muito do nosso destino
somos nos que o construimos,
se foi é porque não era para ficar.

O raio de luz ficou em ti porque a luz és tu...

Poema muito bem construido.

Beijos

Enviado por Tópico
ThiagoFabri
Publicado: 23/01/2009 12:27  Atualizado: 23/01/2009 12:27
Participativo
Usuário desde: 12/01/2009
Localidade:
Mensagens: 26
 Re: Cruel destino
A luz que precisas, já está em você, pois assim somos capazes. quem entrou em sua vida foi apenas o catalizador. bom poema ^^ bjs!