https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Conforto

 
Tags:  noite    silêncio    corpo  
 
É ao aconchego do teu corpo
Que me enrosco e me uno
Na taciturnidade da noite
Onde me entrego à insónia
Para te ver, tranquilo,
Caminhando no sonho
E no sono profundo.

Espero a carícia
Que virá em gestos seguros
E dissimulados
No teu despertar.

Preencho o espaço vazio
Observando-te, qual voyeur,
Entre o brilho da lua,
Que espreita também sorrateira,
E a lembrança dos teus lábios
Nos meus proíbem-me o sono
E alimentam-me a espera
Pelo teu acordar.
 
Autor
Vera Sousa
 
Texto
Data
Leituras
2874
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
11
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
jaber
Publicado: 05/01/2009 16:55  Atualizado: 05/01/2009 16:55
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 2802
 Re: Conforto
Volta sensação querida
vem e toma-me, agora
que a memória do corpo desperta
os lábios e a pele recordam
e as mãos sentem como se tocassem de novo

Beijo Vera

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/01/2009 16:55  Atualizado: 05/01/2009 16:55
 Re: Conforto
Lindo, Vera!
Ter olhar "voyeur" é bom por demais!
Um banho de sensualidade o poema.
Bjins, Betha.

Enviado por Tópico
Alemtagus
Publicado: 05/01/2009 19:40  Atualizado: 05/01/2009 19:40
Colaborador
Usuário desde: 24/12/2006
Localidade: Montemor-o-Novo
Mensagens: 2748
 Re: Conforto p/ Vera Silva
Apetece-me dizer-te, passe a auto-publicidade, Que Teus Olhos São Esses, que escrevem assim a paixão, e te torcem o corpo violão.

Beijo

Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 05/01/2009 21:08  Atualizado: 05/01/2009 21:08
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12084
 Re: Conforto
Um conforto em plena sensualidade.

Beijos

Enviado por Tópico
Amora
Publicado: 05/01/2009 22:45  Atualizado: 05/01/2009 22:45
Colaborador
Usuário desde: 08/02/2008
Localidade: Brasil
Mensagens: 4763
 Re: Conforto
......................

uma insônia deliciosa...

Adorei também este!

Beijinho

Amora

Enviado por Tópico
António MR Martins
Publicado: 05/01/2009 23:11  Atualizado: 05/01/2009 23:11
Colaborador
Usuário desde: 22/09/2008
Localidade: Ansião
Mensagens: 5064
 Re: Conforto
Vera,

Aconchegante, soberbo, extasiante, sublime... não me vou por para aqui a adjectivar este teu belo poema, até porque tal não se deve fazer, mas eu tenho este feitio.

Adorei (está no sentido normal da alta qualidade de escritora e poetisa).

Beijinhos

Enviado por Tópico
quidam
Publicado: 06/01/2009 15:31  Atualizado: 06/01/2009 15:31
Colaborador
Usuário desde: 29/12/2006
Localidade: PORTIMÃO
Mensagens: 1438
 Re: Conforto
O sono é irrequieto… mas a palavra não...
Jinho

Enviado por Tópico
glp
Publicado: 06/01/2009 15:54  Atualizado: 06/01/2009 15:54
Da casa!
Usuário desde: 26/02/2007
Localidade: Belas
Mensagens: 464
 Re: Conforto
Muito bom...

FELIZ 2009

Enviado por Tópico
mim
Publicado: 06/01/2009 17:07  Atualizado: 06/01/2009 17:07
Colaborador
Usuário desde: 14/08/2008
Localidade:
Mensagens: 2858
 Re: Conforto
Insónia que deu para escrever um belíssimo poema...e que venham mais insónias dentro do conforto e belos poemas!

A minha insónia tem sido de desconforto, com o benfica!

Beijos doces

Enviado por Tópico
MartaVasil
Publicado: 07/01/2009 00:39  Atualizado: 07/01/2009 00:39
Da casa!
Usuário desde: 30/11/2008
Localidade:
Mensagens: 215
 Re: Conforto
Vera

Uma noite de insónia... a dar graças à Lua por sono tardar e um poema de sonho a nascer para nos encantar.

beijinhos e muitas insónias assim vividas!...

Marta Vasil

Enviado por Tópico
Fhatima
Publicado: 07/01/2009 11:39  Atualizado: 07/01/2009 11:40
Colaborador
Usuário desde: 12/02/2008
Localidade: Joinville - SC
Mensagens: 3389
 Re: Conforto
Vera!

Sensações que exalam amor, belíssimo poema.
Parabéns poetisa!

Beijinhos

Fhatima