https://www.poetris.com/
 
Textos -> Tristeza : 

O Hotel

 
Um hotel de pessoas mortas
virado ao contrário
as ideias que ainda giram
estão de cabeça para baixo.

Uma pessoa morta tem ideias
que falam por si
falar por si é isso mesmo: estar morto
e desafiar a gravidade.

As flores ainda nascem
na independência da liberdade
é na fealdade que está a beleza
é na inocência que está a verdade.

A inocência dos corpos que se exprimem
espreguiça uma sede que absorvo..
Bebo um copo, serve-me o barman morto
e depois subo até à minha suite.

 
Autor
tiagonene
Autor
 
Texto
Data
Leituras
681
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Marinheski
Publicado: 04/05/2007 19:34  Atualizado: 04/05/2007 19:34
Super Participativo
Usuário desde: 10/03/2007
Localidade: Mem Martins
Mensagens: 152
 Re: O Hotel
Incertos pensamento,
A morte dos ideais,
Confusos sentimentos
Traiçoeiros, desleais.

Nublou-se a verdade,
Sim, nublada está...
Mas a prisão da qualidade
Um dia se quebrará.