https://www.poetris.com/
 
Prosas Poéticas : 

Solidão

 
“Solidão é um sofisticado jogo de esconder em que é uma alegria estar escondido, mas um desastre não ser achado.” Winnicott.

É bom chegar a casa,
Percorrer os cantos com o olhar,
Encontrar tudo em ordem.
Exatamente como deixei.
É bom ouvir o silêncio calmo das paredes,
A mansidão dos sofás indolentes,
O aconchego dos travesseiros cúmplices,
Á valsa das cortinas e do vento,
Rodopiando sob o foco das janelas sorridentes,

É bom chegar a casa,
Porto seguro das agitações da rua,
Para descalçar os sapatos, desapertar os nós,
Percorrer os cantos com o olhar,
Encontrar tudo em ordem,
Exatamente como deixei,
Exatamente como deixei,
Exatamente como deixei...

Ouvir o silêncio, olhar os sofás,
O travesseiro, as cortinas, janelas...
Exatamente como deixei...

Uma arrumação sem vida,
Sem serventia - silenciosamente fria.
Saltos da imaginação à projetos natimortos,
Despertencimento...
Inútil paisagem caprichosamente composta,
De esperanças vãs,

Chegar a casa é solidão,
Tanto quanto estar no meio da multidão.
É tender para o infinito num limite que não existe,
Procurando nessa indeterminação algo que me defina,
Como chegar a casa? Não há casa!
O que há são monólogos entre paredes ecoantes,
Reverberando tempos ocos de mim.




 
Autor
Paula Baggio
 
Texto
Data
Leituras
966
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Alcides
Publicado: 20/02/2009 18:21  Atualizado: 20/02/2009 18:21
Novo Membro
Usuário desde: 23/09/2008
Localidade: Brasil
Mensagens: 5
 Re: Solidão
"É tender para o infinito num limite que não existe,
Procurando nessa indeterminação algo que me defina"

Se definir, algo difícil de conseguir...

Beijos

Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 13/04/2009 07:24  Atualizado: 13/04/2009 07:24
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: Solidão
A solidão quando não é voluntária pode ser asfixiante e as rotinas ajudam a agudizar a dor... Bem diferente a solidão que o poeta pede para si, para colher em paz as palavras certas. Um abraçooo! Abílio                    

Enviado por Tópico
FaustSotam
Publicado: 20/04/2009 00:20  Atualizado: 20/04/2009 00:20
Participativo
Usuário desde: 17/04/2009
Localidade: Lisboa
Mensagens: 12
 Re: Solidão
A solidão para certas pessoas é uma palavra tabu, mas para o artista é uma bênção, porque só assim é que ele encontra o seu caminho, mesmo que a "casa" seja temporária. Do silêncio brota a criatividade (Criação). Fique em Paz. :)

Enviado por Tópico
VónyFerreira
Publicado: 30/07/2009 13:50  Atualizado: 30/07/2009 13:50
Membro de honra
Usuário desde: 14/05/2008
Localidade: Leiria
Mensagens: 10301
 Re: Solidão
É bom chegar a casa,
"Porto seguro das agitações da rua,
Para descalçar os sapatos, desapertar os nós,
Percorrer os cantos com o olhar,
Encontrar tudo em ordem,
Exatamente como deixei,
Exatamente como deixei,
Exatamente como deixei...

Ouvir o silêncio, olhar os sofás,
O travesseiro, as cortinas, janelas...
Exatamente como deixei..."


A solidão é sórdida, minha querida, sórdida, mas... mil vezes preferível do que a presença
de quem NUNCA ESTEVE!
lindo!
Vóny Ferreira