https://www.poetris.com/
 
Acrósticos : 

Sento e Sinto

 
Sento-me no chão como se o corpo não fosse meu, como se a minha alma se debatesse contra mim mesma dentro de mim. Sento-me no chão porque chove, e a chuva cai leve nos ombros como as lágrimas caem no rosto. Chove porque o mundo hoje é triste e amanhã terá que sorrir. Por isso choro. E deixo a chuva cair.
Sento-me no chão imundo e fico à espera que chegues, para te sentares a meu lado. Sinto a chuva e quero que a sintas também. Sinto-me em ti, porque me sinto bem.


Sinto-me em ti, porque me sinto bem
Sento-me aqui porque não está mais ninguém.
 
Autor
JoanaM
Autor
 
Texto
Data
Leituras
479
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.