https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

UM GOLE

 
Open in new window

Tenho sede,
no gole que mata a seca do querer...
Meu corpo hoje quer se embebedar
nas gotas de suor, nossos corpos extase a minar
Hoje me transformo em vinho,
apenas um gole, um brinde...
Só depois de molhar a boca, o suor tempera
o corpo acorda a alma...
e a fome chega,
agora querendo comer, me lambuzar...


S_Adverso
Desejos de Corpo e Alma

 
Autor
ADVERSO
Autor
 
Texto
Data
Leituras
773
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
6
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Henricabilio
Publicado: 16/04/2009 10:30  Atualizado: 16/04/2009 10:30
Colaborador
Usuário desde: 02/04/2009
Localidade: Caldas da Rainha - Portugal
Mensagens: 6963
 Re: UM GOLE
Seja onde for / essa sede, essa fome, / têm um nome / Amor! Um abraçooo! @bílio.




Enviado por Tópico
asv
Publicado: 16/05/2009 10:02  Atualizado: 16/05/2009 10:02
Super Participativo
Usuário desde: 14/02/2008
Localidade:
Mensagens: 106
 Re: UM GOLE
“Nada garante que tu existas
Não acredito que tu existas.
Só necessito que tu existas”
(David Mourão Ferreira, Música de cama)