Poemas -> Desilusão : 

prontos para serem limpos...

 
Tags:  poema    tristeza    desilusão    desemprego  
 

Quando nos falta a valorização
rompe-se a frágil linha da emoção.
Sobram olhares vagos
sobre haveres não pagos
e os deveres que ficam por sanar
são os mesmos que nos estão a matar.

Pesada a culpa de quem se falhou,
cuspida no mesmo chão que o amparou.

E malha-se ferro na carne triste,
tombam olhos de quem desiste.
E há buracos sem fundo
perdidos nas cores do mundo.
E chamam-se nomes sem nome
à passagem ardente da fome.
E filam-se esperas por migalhas
não podendo escapar dessas malhas
que nos apertam... Lentamente,
inexoravelmente...

Sem dúvida de que somos apenas
grãos de pó... demasiadas centenas...
prontos para serem limpos



NR

 
Autor
nunorita
Autor
 
Texto
Data
Leituras
2696
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 21/04/2009 22:14  Atualizado: 21/04/2009 22:14
 Re: prontos para serem limpos...
Amigo é a primeira vez que leio-te!

TRiste ...Emocionou-me pois sempre vejo essa dor estampada nos olhos de quem por isso passa ou passou!

Mas crendo que um dia haverá essa limpeza esperemos dias melhores!

Beijos carinhosos!

Rosa


Enviado por Tópico
Amora
Publicado: 22/04/2009 01:53  Atualizado: 22/04/2009 01:53
Colaborador
Usuário desde: 08/02/2008
Localidade: Brasil
Mensagens: 4705
 Re: prontos para serem limpos...
Uma reflexão providencial, Nuno.
Gostei muito.
Um abraço!
Amora